Técnico prioriza distância e gramado na escolha de adversários da 2ª fase

Ricardo Costa só deverá ter mais reforços na 2ª fase do Paulista da 4ª Divisão

Já classificado na liderança do ‘Grupo 4’ do Campeonato Paulista da 4ª Divisão (Sub-23), com uma rodada de antecedência, o Marília Atlético Clube (MAC) espera apenas a definição de jogos de outras chaves, para saber quem serão os três adversários na 2ª fase. Matematicamente não há nenhum ainda garantido, mas o mais provável no momento é o Joseense (4ª colocado do Grupo 5).

“Não tem jogo fácil na competição, ainda mais quando se passa de fase. Acho que não devemos escolher adversários. Acredito ser mais importante pensarmos na proximidade da viagem e no gramado bom. São José dos Campos é longe (526 km), mas tem um estádio maravilhoso, talvez o melhor da Bezinha. O gramado é melhor que o do Abreuzão. Isso é bom, pois temos um time técnico”, destacou o técnico Ricardo Costa.

O 2º colocado do ‘Grupo 3’ também jogará contra o Alviceleste na 2ª fase. Hoje o adversário seria o Rio Branco, que tem a mesma pontuação do líder XV de Jaú (23 pontos). Os dois se enfrentam neste domingo (dia 30), às 10h, em Americana. “São duas agremiações de camisa e muita tradição. Quem vier será pedreira, mas acho que seria interessante termos um adversário mais próximo e Jaú fica mais perto (168 km)”, frisou o treinador maqueano. A cidade de Americana fica a 333 km de Marília.

O quarto e último adversário do MAC na 2ª fase será o 3º lugar do ‘Grupo 6’, que no momento é o AD Guarulhos. Porém, Flamengo (Guarulhos), Mauá e Mauaense podem terminar na 3ª posição, ao final da rodada do fim de semana. A cidade de Mauá ou de Guarulhos será o destino do Alviceleste. “As duas distâncias são parecidas. Sem escolher adversário, preferiria jogar em Guarulhos, pois conheço os gramados. Guarulhos é pequeno em dimensões, o gramado é ruim, porém não tem oscilação, pois é cortado de maneira uniforme. Já Mauá tem as dimensões maiores que o Abreuzão, mas o gramado é péssimo e a bola só fica quicando, como aconteceu em Santa Cruz do Rio Pardo”, analisou Ricardo Costa.

Último dia de inscrição

Hoje é o último dia para o fechamento das 26 inscrições para a Bezinha e no momento o Marília irá preencher as duas vagas que restam com atletas da base, que já treinam com o elenco principal. A comissão técnica disse que mais um ou dois reforços (um goleiro e um meia) ainda podem vir, mas se chegarem serão para a 2ª fase, em que é possível realizar quatro trocas, com prazo até o dia 4 de julho.

Neste domingo (dia 30), o Alviceleste se despede da 1ª fase contra o Assisense, às 10h, no Bento de Abreu. O técnico Ricardo Costa falou que deve poupar alguns titulares, mas não revelou nomes. O goleiro Geílson, pendurado com dois cartões amarelos, deverá ceder lugar a Ian. Desfalques certos são: o zagueiro Guilherme Café e o atacante Lucas Lima, entregues ao departamento médico.