MAC tem até amanhã para fechar a lista de 26 inscritos desta 1ª fase

Meia João More (à esq.) deve preencher uma das últimas duas vagas no elenco

Termina amanhã (dia 27) o prazo para fechar a lista principal de 26 jogadores do Campeonato Paulista da 4ª Divisão (Sub-23) e o Marília Atlético Clube (MAC) tem ainda cinco vagas aberta. Três serão preenchidas com os três últimos reforços contratados: o lateral-direito Matheus Pivô (Grêmio Anápolis-GO), o zagueiro Guilherme Café (Metropolitano-SC) e o atacante Luís Guilherme (Votuporanguense).

As outras duas devem ser ocupadas por atletas que já estão no elenco, como é o caso do meia João More, que já está registrado na Federação Paulista de Futebol (FPF) e pode atuar se o técnico Ricardo Costa quiser. Todavia, mesmo estando regularizado, ele ainda não é computado como inscrito, porque não esteve na súmula de nenhuma das nove rodadas disputadas até aqui.

Uma posição certa para o preenchimento das vagas finais é de um goleiro. O MAC tem o titular Geílson e outros dois que fazem parte da ‘Lista B’ (ilimitada): Ian e André. Porém, a comissão técnica entende que é preciso mais um goleiro com experiência. Alguns nomes foram tentados, mas até o momento nenhum entrou em acordo. “Vamos preencher essas duas últimas vagas que restam. Estamos dependendo também da diretoria para finalizarmos. Na teoria um goleiro e um meia, mas como a gente ainda não fechou, pois trazer um meia está difícil, não sei. Temos dois meias de qualidade (Ícaro e Wélder) e outros que podem fazer a função dentro do elenco (Fernandinho). Estamos ainda discutindo as possibilidades, mesmo sabendo que o prazo está acabando”, explicou o técnico do Alviceleste.

Além dos goleiros Ian e André, o Marília tem mais sete jogadores que fazem parte da ‘Lista B’: Danilo (zagueiro), Felipe Mello (lateral-esquerdo), Mauro Silva (lateral-esquerdo), Tico (volante), Lucão (atacante), Dener (atacante) e Dagoberto (atacante).

Classificado para a 2ª fase, o MAC tem ainda a possibilidade de realizar quatro trocas no elenco até o dia 4 de julho. Um nome certo para modificação é o do zagueiro Citta Junior, que pediu desligamento do elenco no começo de maio. Para o jogo deste domingo (dia 30), contra o Assisense, às 10h, no estádio Bento de Abreu, pela última rodada desta 1ª fase, a comissão técnica ainda não decidiu se irá utilizar um time reserva ou força máxima.