PRF prende traficante foragido que se dizia vendedor de doces e pastor

Traficante não tinha dinheiro para pagar pedágio e parou na pista

Por volta das 9 horas da manhã  desta terça-feira(25) a Polícia rodoviária federal de Marília foi acionada pela concessionária Triunfo Tranbrasiliana, para atender a uma ocorrência, no mínimo curiosa.

Segundo funcionários da concessionária, o motorista de  um veículo Ford/Fiesta com placas de Marília, alegou não ter dinheiro para pagar o pedágio (no KM 268 da BR153 sentido Ourinhos/SP) e ainda disse que ficaria ali parado na pista.

Ele informou também que estava transportando doces e que iria vendê-los ali no local caso não fosse liberada sua passagem.

Com a chegada da equipe da PRF a história mudou e o condutor, de 39 anos, se identificou como pastor evangélico.

Os policiais então fizeram uma consulta com os dados do motorista e descobriram que havia contra ele um mandado de prisão em aberto pelo crime de tráfico de drogas, expedido em março desse ano pelo TJSP.

Agora, o falso pastor vendedor de doces vai cumprir sete anos e 11 meses e oito dia de cadeia, em regime fechado, para aprender que a vida é "Doce" mas não é nada mole.