Lucas Lima rompe 2 ligamentos do Tornozelo e fica até 6 semanas fora

Titular em todos os jogos do MAC neste Campeonato, o atacante Lucas Lima ficará de fora por pelo menos seis semanas

Titular em todos os jogos do Marília Atlético Clube (MAC) neste Campeonato Paulista da 4ª Divisão (Sub-23), o atacante Lucas Lima ficará de fora por pelo menos seis semanas.

O departamento médico informou ontem o resultado do exame de ressonância magnética, constando o rompimento de dois ligamentos do tornozelo direito, sofrido na goleada contra o Elosport por 10 a 1, na última sexta-feira (dia 7), no estádio Bento de Abreu.

“Não há necessidade do procedimento cirúrgico, mas o tratamento é conservador e mais longo. Ele ficará três semanas com o tornozelo imobilizado, para que depois possa começar os trabalhos de retorno aos gramados. O tempo exato de recuperação vai depender da evolução dele, por isso foi colocado o prazo de quatro a seis semanas de tratamento”, explicou o fisioterapeuta do MAC, Leonardo Oliveira.

Com esse tempo fora de ‘combate’, Lucas Lima não jogará as duas últimas rodadas desta 1ª fase, contra Santacruzense (dia 23) e Assisense (dia 30).

O atacante também deverá ser desfalque por pelo menos três jogos da 2ª fase.

O jogador tem três gols com a camisa maqueana, sendo que balançou as redes nos últimos três jogos.

Com a ausência dele, o provável camisa 9 será João Féres, artilheiro da equipe com quatro gols.

Além de Lucas Lima, para a próxima rodada, o técnico Ricardo Costa não poderá contar com o atacante Erik Bessa, suspenso pelo terceiro cartão amarelo.

O treinador ainda não falou sobre substitutos, mas Richard Tank e Lucas Souza aparecem com favoritos.

A comissão técnica tenta ainda marcar um jogo-treino nesta sexta ou sábado, mas até o momento não conseguiu adversários.

Rio Claro, Velo Clube e Linense são algumas das tentativas.

Vagas no elenco

O elenco maqueano ainda tem duas vagas disponíveis.

Com a saída do meia Matheus Coruja para o Audax Osasco, o técnico Ricardo Costa busca um substituto.

Outra posição que será reforçada é a de goleiro.

O clube tem até o dia 27 (quinta-feira) para fechar a relação de 26 nomes da lista principal.

Com a classificação já garantida para a 2ª fase, o regulamento permite que o Alviceleste faça até quatro trocas no grupo.

Uma é certa na vaga do zagueiro Citta Junior, que pediu desligamento da equipe no mês passado.

O Marília está na liderança do ‘Grupo 4’ com 17 pontos – dois a mais que o Assisense, que também está classificado para a 2ª fase.

O próximo adversário maqueano está em 4º lugar com 10 e pode ser ultrapassado pelo Vocem (5º com 9), caso não vença em Santa Cruz do Rio Pardo.