Site divulga mensagens atribuídas a procuradores da Lava Jato e ministro Sérgio Moro

Intercept divulga diálogos de procuradores da Lava Jato e do Ministro Sergio Moro

 

O portal Intercept divulgou na noite deste domingo (9)  trechos de mensagens supostamente trocadas entre procuradores da Lava Jato e o atual Ministro da justiça, Sérgio Moro.

 

Segundo informou o Intercept as mensagens foram  enviadas por uma fonte anônima e foram trocadas através do aplicativo Telegram.

 

Ainda de acordo com o site, alguns procuradores, entre eles  Deltan Dallagnol, conversaram sobre assuntos em investigação.

 

Em uma das conversas o então Juiz Federal Sérgio Moro teria cobrado novas operações dos procuradores da Lava Jato.

 

“Não é muito tempo sem operações?” diz Moro.

 

“É sim”, responde Dallagnol.

 

Em outra conversa, Deltan pede a Moro que d6e uma decisão rápida sobre um pedido de prisão.

 

“Seria possível apreciar hoje?” 

 

Moro responde “Não creio que conseguiria ver hoje> Mas pensem bem se é uma boa ideia”.

 

Ainda na mesam conversa Sérgio Moro diz a Dallagnol “Teriam que ser fatos graves”.

 

Sobre a autorização para o ex-presidente Luis Inácio Lula da Silva conceder entrevista ao jornal Folha de São Paulo, na cadeia,  o Intercept divulgou trechos de outras conversas de procuradores.

 

O ministro Sergio Moro disse que no conteúdo das mensagens que citam seu nome, "não se vislumbra qualquer anormalidade ou direcionamento da atuação enquanto magistrado, apesar de terem sido retiradas de contexto e do sensacionalismo das matérias, que ignoram o gigantesco esquema de corrupção revelado pela Operação Lava Jato". 

 

A defesa do ex-presidente Lula divulgou nota em que diz que: “A atuação ajustada dos procuradores e do ex-juiz da causa, com objetivos políticos, sujeitou Lula e sua família às mais diversas arbitrariedades”.