ESCOLAS MUNICIPAIS:Projeto de lei da vereadora Professora Daniela regulamenta administração de medi

Projeto de lei da vereadora Professora Daniela (PR) que tramita na Câmara Municipal regulamenta a administração de medicamentos em escolas municipais.

“O uso de medicamentos, em qualquer pessoa, deve ser criterioso, uma vez que nenhum deles está isento a riscos. Na criança ou adolescente, então, o cuidado deve ser redobrado. Uma dose errada ou fora de hora pode causar o agravamento de uma doença ou até mesmo reações adversas graves e mortes”, enfatizou a autora do projeto.

Um detalhe importante da matéria é a obrigatoriedade da administração de medicamentos por membros da Direção ou auxiliares de desenvolvimento escolar.

“Esta atribuição não pode ser, em hipótese alguma, do professor”.

Segundo a parlamentar do Partido da República, vários municípios já regulamentaram a questão do uso escolar de medicamentos, mostrando essas mesmas preocupações com a segurança dos alunos.

Além disso, diversas escolas já seguem a prática de exigência da receita médica.

“O projeto determina que a cópia da receita médica e a autorização dos pais fiquem retidas nas unidades escolares”.

“O objetivo principal deste projeto é proteger a saúde da criança e do adolescente no recinto escolar, evitando o uso indiscriminado de medicamentos e os erros de administração dos mesmos, que podem levar a consequências nefastas”, concluiu a vereadora.