Marília recebe equipe multinacional de pesquisadores

Cientistas argentinos e norte-americanos recebem título de hóspedes oficiais e visitantes ilustres O prefeito Daniel Alonso e o presidente da Câmara Municipal de Marília, Marcos Rezende, receberam na manhã desta quarta-feira (15), em ato conjunto, sete pesquisadores da equipe multinacional atuarão em novas escavações de fósseis na região de Marília. O grupo, apresentado pelo paleontólogo Willian

Cientistas argentinos e norte-americanos recebem título de hóspedes oficiais e visitantes ilustres
 
O prefeito Daniel Alonso e o presidente da Câmara Municipal de Marília, Marcos Rezende, receberam na manhã desta quarta-feira (15), em ato conjunto, sete pesquisadores da equipe multinacional atuarão em novas escavações de fósseis na região de Marília. O grupo, apresentado pelo paleontólogo Willian Roberto Nava, é formado por profissionais do Brasil, Argentina e EUA, sendo que o responsável pela equipe norte-americana possui trabalho em conjunto também com a Cambridge University, no Reino Unido.
Os seis estrangeiros foram considerados pelo prefeito Daniel como Hóspedes Oficiais do Município e receberam do presidente da Câmara Municipal o título de visitantes ilustres. As homenagens foram publicadas no Diário Oficial do Município de terça-feira (14). Foram recebidos, no gabinete do prefeito, o pesquisador Luís Chiappe, paleontólogo do Dinosaur Institute, do Natural History Museum of Los Angeles, nos Estados Unidos. Pela mesma instituição, Marília recebeu a técnica e ilustradora científica Stephanie Abramowicz. Os norte-americanos já estiveram em Marília em 2017, quando foram feitas escavações em Presidente Prudente, onde foram localizados fósseis de aves pré-históricas.
Da Argentina vieram os paleontólogos Augustin Martinelli e Jonatan Kaluza, o técnico Guilhermo  Aguirrezabala e o estudante de doutorado Sebastian Rozadilla. Eles atuam no Consejo Nacional de Investigaciones Científicas y Técnicas - Sección Paleontologia de Vertebrados, do Museu de Ciências Naturais “Bernardino Rivadavia”, em Buenos Aires.
ESCAVAÇÕES
Nava explica que as escavações, desta vez, serão feitas na cidade de Presidente Prudente, onde foram localizados fósseis de aves pré-históricas. O material será recolhido e preparado no Museu de Paleontologia de Marília, local de referência para a atividade. O prefeito Daniel Alonso destacou a consolidação da cidade como polo para pesquisa em paleontologia. “É um trabalho de décadas que está cada vez mais forte com essa atuação internacional do Nava, trazendo gente que representa a maior riqueza de conhecimento científico mundial na área”, disse.
O presidente da Câmara, Marcos Rezende, lembrou o potencial também de turismo pedagógico e científico. “Marília já é uma cidade forte pelo turismo de negócios e cada vez se fortalece mais nessa importante área”, disse o presidente do Legislativo.
Participaram do encontro o secretário municipal do Trabalho, Turismo e Desenvolvimento Econômico, Nelson Mora; secretário de Planejamento Urbano, José Antônio Almeida; o presidente do Conselho Municipal de Turismo, Gilberto Rossi Júnior, entre outras autoridades.