Erik Bessa deve ser a única novidade contra o Assisense

Atacante (à dir.) treinou entre os titulares ontem, no trabalho fechado no Abreuzão

O técnico Ricardo Costa fez ontem pela manhã um treino fechado, no estádio Bento de Abreu e não confirmou o Marília Atlético Clube (MAC), que enfrenta o líder Assisense, amanhã (dia 12), às 10h, no estádio Tonicão, pela 5ª rodada do Campeonato Paulista da 4ª Divisão (Sub-23). Entretanto, uma novidade parece certa: a entrada do atacante Erik Bessa, contratado na última segunda-feira e que disputou a Série A-3 pelo Comercial.

‘Homem de confiança’ do treinador, o atacante disse estar pronto fisicamente, caso seja escalado entre os titulares. “Estava treinando em uma academia. Depois que acabou a Série A-3 (há duas semanas), eu só fiquei três dias descansando. Estou bem fisicamente e no ritmo dos demais companheiros. Só depende agora do Ricardo”, destacou.

A entrada de Erik Bessa parece certa, mas quem deve deixar o formato titular é um mistério. A tendência é que João Féres (artilheiro do time com 2 gols) volte para o banco de reservas. Uma segunda opção é a saída do meia Wélder, para o time atuar com Ícaro na armação, ‘abastecendo’ os três atacantes: Bessa, Lucas Lima e Féres. Situação definida é do zagueiro Gutierrez, que foi inscrito essa semana. O próprio defensor, em entrevista à reportagem JM, disse que só treinou ontem entre os reservas. Brunão e Raphael estão mantidos.

O provável MAC jogará com: Geílson; Mateus Mima, Raphael, Brunão e Fernandinho; Matheus Chiclete, Hebert e Wélder (João Féres); Ícaro, Erik Bessa e Lucas Lima. Outros dois reforços apresentados essa semana não foram regularizados para domingo: o lateral-esquerdo Lucas Praxedes e o atacante Breno, ambos vieram emprestados do Capivariano.

Restam 6 vagas

Com a chegada dos últimos reforços, o MAC tem mais seis vagas de inscrição, que vão se encerrar apenas no dia 27 de junho. Todavia, duas delas são para goleiros. “Um para a posição nós ainda vamos trazer, já outro, nós ainda estamos analisando, porque o Ian é da ‘Lista B’ (que é ilimitada) e vem correspondendo bem nos treinos”, explicou o técnico Ricardo Costa.

Para as últimas vagas de atleta de linha, o treinador falou que quer mais um zagueiro, um lateral-direito e um meia. “Tem ainda uma última vaga, que nós definiremos quando analisarmos melhor as carências do elenco”, afirmou. Os meias Eduardo e João More estão registrados no BID da Federação e estão aptos para jogar, no entanto, como ainda não foram relacionados para nenhuma partida, não ocuparam nenhuma das 26 vagas.

Três atletas seguem em avaliação no grupo: o lateral-esquerdo Anderson Bahia e os meias Peterson e Eduardo Junior.