Decreto obriga servidor a repor dia parado na ‘greve relâmpago’

Decreto do prefeito Daniel Alonso (PSDB) publicado na edição de ontem (2) do Diário Oficial do Município obriga os servidores que aderiram à “greve relâmpago”, no último dia 10 de abril, a repor o dia parado até 31 de julho. Página 3