MAC encerra tabu de 11 anos em Assis

Atacante João Féres (à dir.) marcou o terceiro gol da vitória de 3 a 1 sobre o Vocem, no último domingo

O Marília Atlético Clube (MAC) encerrou o tabu de 11 anos sem vencer uma estreia. No último domingo, no estádio Tonicão, em Assis, vitória de 3 a 1 sobre o Vocem, pela 1ª rodada do ‘Grupo 4’ do Campeonato Paulista da 4ª Divisão (Sub-23). O primeiro gol saiu logo com um minuto de partida. O lateral-esquerdo Fernandinho cobrou escanteio do lado direito pelo alto na segunda trave. O goleiro Gabriel Jesus saiu mal do gol e o zagueiro Brunão apareceu livre para cabecear (1 a 0).

Aos oito minutos do segundo tempo o time da casa teve a chance de empatar. O meia maqueano Wélder fez falta dentro da área no atacante Ronald e o árbitro marcou pênalti. O centroavante Thauan bateu rasteiro no canto direito e o goleiro Geílson espalmou para escanteio. Aos 24, o Alviceleste ampliou o marcador. O atacante Lucas Souza recebeu na esquerda e de fora da área arriscou o chute. A bola desviou no zagueiro Matheus Silva e enganou o goleiro Gabriel Jesus (2 a 0).

Quando o jogo parecia tranquilo para o MAC, o Vocem conseguiu diminuir aos 34 minutos. Ronald fez boa jogada pela direita e cruzou pelo alto na cabeça do zagueiro Luan Bahia, que testou no contrapé do goleiro maqueano (2 a 1). O time de Assis pressionou nos minutos finais para tentar o empate, mas o Marília fez o terceiro. Aos 41, o centroavante João Féres, que havia entrada no segundo tempo, recebeu uma bola rasteira da direita do atacante Lucas Lima, na entrada da área. Com um drible de corpo e sem tocar na bola, ele deixou o marcador para trás, invadiu livre e tocou rasteiro na saída do goleiro (3 a 1).

 

Ficha técnica:

 

Local: Estádio Antônio Viana da Silva, em Assis

Público: 461 pagantes

Renda: R$ 4.250,00

Árbitro: Flávio Roberto Mineiro Ribeiro

Cartões amarelos: Luan Bahia e Pará (Vocem); Lucas Lima e Wélder (Marília)

Gols: Luan Bahia 34/2T (Vocem); Brunão 1/1T, Lucas Souza 24/2T e João Féres 41/2T (Marília)

 

Vocem – Gabriel Jesus; Léo, Matheus Silva, Luan Bahia e Marcelo (Douglas); Geninho, Vilson e Ronald; China (Pará), Wesley (Robinho) e Thauan. Técnico: Luciano Baiano.

 

Marília – Geílson; Mateus Mima, Brunão, Danilo e Fernandinho (Felipe Melo); Matheus Chiclete, Citta Junior e Wélder; Lucão (João Féres), Lucas Souza (Dagoberto) e Lucas Lima. Técnico: Ricardo Costa.