Azul cancela voo e irrita passageiros

A sala de embarque já estava lotada na sexta-feira passada (5). Passageiros chegaram com pelo menos uma hora de antecedência, como recomenda a Anac (Agência Nacional de Aviação Civil), mas só foram avisados do cancelamento a poucos minutos do voo. O local é acanhado e sequer consegue abrigar todos os passageiros, o que fez aumentar ainda mais a irritação dos clientes Azul. A aeronave chegou no dia

A sala de embarque já estava lotada na sexta-feira passada (5). Passageiros chegaram com pelo menos uma hora de antecedência, como recomenda a Anac (Agência Nacional de Aviação Civil), mas só foram avisados do cancelamento a poucos minutos do voo. O local é acanhado e sequer consegue abrigar todos os passageiros, o que fez aumentar ainda mais a irritação dos clientes Azul.
A aeronave chegou no dia anterior (5ª feira à meia noite) e ficou a noite toda no aeroporto, com tempo suficiente para manutenção. Mesmo assim funcionários avisaram que se tratava de manutenção “de última hora”.
A opção dada pela Azul algum tempo depois do anúncio do cancelamento não foi trazer uma outra aeronave, mas colocar um ônibus para Campinas. O ônibus demorou mais de 2 horas para chegar ao aeroporto; ou seja, partiu depois das 8 horas, levando mais de 4 horas para chegar ao aeroporto de Viracopos, em Campinas.
Isso causou sérios problemas aos passageiros. Muitos perderam compromissos e conexões.
Um grupo de família (7 pessoas) deveria fazer conexão em Campinas para Porto Alegre e depois para Pelotas, para uma festa de formatura de um familiar. Todos perderam os voos, a festa e ainda tiveram prejuízos com as reservas feitas em hotel. Estão entrando na justiça contra a Azul para ressarcimento de prejuízos financeiros e danos morais.

Outro lado
A assessoria de imprensa da Azul apenas lamentou o ocorrido em nota enviada ao Jornal da Manhã. “Por conta de uma manutenção não programada na aeronave que realizaria o trajeto, a Azul precisou cancelar o voo AD5131 (Marília-Bauru-Campinas), na última sexta (5). A companhia ressalta que prestou toda a assistência necessária, conforme prevê a resolução 400 da Anac, e que reacomodou seus Clientes por via terrestre até Campinas. A Azul lamenta eventuais aborrecimentos ocorridos a seus clientes e ressalta que ações como essa são necessárias para conferir a segurança de suas operações”. A nota não comenta como ficam os prejuízos dos clientes que perderam voos e compromissos.