Mariliense vence Meeting de Portugal e diminui marca em 11 centésimos

João Vitor de Oliveira foi campeão dos 60 metros com barreiras, com o tempo de 7 segundos e 71 centésimos

Dez dias depois de vencer os 60 metros com barreiras do Campeonato Português, com o tempo de 7 segundos e 82 centésimos, o mariliense João Vitor de Oliveira, o “João da Barreira”, foi campeão ontem do Meeting de Atletismo Indoor (Pista Coberta), realizado em Lisboa, com a marca de 7s71 (11 centésimos a menos). A competição teve a participação de vários estrangeiros, inclusive do recordista português Rasul Dabó (7.66, mas correu ontem 7.77).

“Eu sabia que estava pronto (para melhor o tempo), pensava que 7s75 iria acontecer, mas 7.71 foi uma surpresa. Apesar de parecer próxima essa diferença de quatro centésimos, não é tão fácil. Para conseguir eu tinha que acertar o meu maior erro: a saída. Hoje quando fiz a largada eu já sabia que faria a minha melhor marca, mas quando soube que foi 7.71 fiquei surpreso. Foi muito bom, porque vi que superei as minhas expectativas”, declarou à reportagem JM por rede social.

João da Barreira disse que se houvesse um Campeonato Mundial dos 60 metros com barreiras nesta temporada, que o tempo conquistado ontem daria o índice para a competição. “A marca me fez saltar do 74º para o 35º lugar no ranking mundial. O 7s71 é o sexto melhor tempo brasileiro de todos os tempos”, destacou. O mariliense espera agora um convite para participar de uma outra competição na Europa neste final de semana.

João Vitor de Oliveira defende o clube Benfica, de Portugal, desde novembro de 2017. Nesta temporada, que antecede os Jogos Olímpicos de Tóquio, no Japão (2020), a meta do barreirista é conquistar índice nos 110 metros para duas competições, que vão acontecer neste segundo semestre: Pan-Americano do Peru (26 de julho a 11 de agosto) e Mundial Indoor do Catar (em outubro). Na primeira, realizada na América do Sul, o índice é de 13s80. Já o evento no Oriente Médio exige 13s46. João da Barreira tem como melhor marca na carreira 13s45, conquistada no Mundial de 2015.