Santacruzense foi o último adversário do MAC em um torneio profissional

Time de Santa Cruz do Rio Pardo vai disputar a sexta edição da 4ª Divisão

Dos cinco adversários do Marília Atlético Clube (MAC) na 1ª fase do Campeonato Paulista da 4ª Divisão (Sub-23), três deles nunca enfrentaram o Alviceleste em um confronto profissional e oficial na história (Assisense, Itararé e Elosport). Já dos outros dois rivais de chave, o último que o Tigre jogou contra foi a Santacruzense, em 2012, pela 1ª fase da Copa Paulista.

Com um time B, o MAC venceu no estádio Bento de Abreu por 1 a 0, no dia 22 de julho e foi goleado em Santa Cruz do Rio Pardo, pelo placar de 4 a 1. A Santacruzense caiu da Série A-3 para a Bezinha em 2015, mas em 2017 se licenciou da competição e no ano passado não passou da 1ª fase. O auge dos seus 88 anos história foi justamente nesta década, quando foi vice-campeão da Série A-3 de 2011 e jogou a divisão de acesso para a elite por duas temporadas consecutivas: 2012 e 2013.

O clube de Santa Cruz do Rio Pardo também tem um título do Paulista da Série A-3 de 1962 e com esse são quatro acessos na história: Série A-3 (2011) e Bezinha (2005 e 2010). São três os rebaixamentos: Série A-2 (2013) e A-3 (2008 e 2015). Em 2019 será apenas a sexta vez na história que a Santacruzense disputa a 4ª Divisão. Na Copa Paulista sua melhor campanha foi em 2006, ao chegar até as quartas de final.