Lutador de Marília quer evitar lesões em 2019

Em novembro, Edgar Rodrigues foi campeão do Pitan Fight de MMA na categoria até 66 kg, na cidade de Pitangueiras

Representante há três anos do Sport Club Corinthians Paulista no Mixed Martial Arts (MMA), o mariliense Edgar Rodrigues de Oliveira, de 26 anos, tem como objetivo evitar lesões, para poder lutar mais em 2019. No ano passado, um problema no ombro fez com que ele só realizasse um combate. Em novembro, na cidade de Pitangueiras, conquistou o cinturão do Pitan Fight na categoria peso pena (até 66 kg).

Neste fim de semana, Edgar entraria no octógono, mas um rompimento parcial no ligamento cruzado do joelho direito, o impediu de atuar. “Felizmente já estou em fase final de recuperação, só estou aguardando a liberação médica. Depois do título em novembro eu estava muito empolgado, pois venci um adversário que ainda não tinha perdido em 16 lutas e saí ganhador por decisão unânime dos três juízes. Agora veio essa nova lesão, mas não vou desanimar. Tenho certeza que 2019 será diferente e muito melhor para a minha carreira”, destacou.

O mariliense também é técnico de jiu jitsu no Corinthians e ministra treinos em São Paulo. Edgar é especialista nesta arte marcial e agradeceu aos ensinamentos do mestre Alexandre Oliveira, que possuiu a academia Oll Fight/Carlson Gracie, em Marília. O lutador de MMA tem o apoio de: DS Cuidadores de Idosos, Mega Empório, Cargo Braz e Grupo 3F Digital.