Mariliense não começa bem 2019 e fica em 6º lugar na Alemanha

Thiago Braz errou as três oportunidades de saltar os 5,66 metros

Campeão olímpico no salto com vara na Rio 2016, o mariliense Thiago Braz não teve um início como era esperado na temporada. Na última sexta-feira, pelo Istaf Indoor de Atletismo, em Berlim (Alemanha), ele ficou apenas na 6ª colocação, errando as três oportunidades de saltar os 5,66 metros. Após se despedir da competição, o brasileiro explicou a situação em sua rede social. 

“Gente, infelizmente a primeira competição deu somente 5,56m. Tive uma dor de estômago e não conseguia saltar”, escreveu em sua conta no Instagram. Antes das três falhas, que culminaram em sua eliminação da disputa, Thiago Braz vinha com bom aproveitamento. Ao passar por 5,46m, ele precisou de apenas uma chance. Em seguida, ele já dava sinais de "cansaço", pois ultrapassou os 5,56m em duas oportunidades.

Com a decepção do mariliense, foi um norte-americano que comemorou a vitória. O ouro ficou com Kendricks, ao atingir 5,86m. Lisek ficou com a prata e Wojciechowski, com o bronze.

Vale lembrar que no fim de setembro ocorre o principal evento da temporada: o Campeonato Mundial, que acontece no Catar. A marca de corte é de 5,71m. Thiago Braz tem todas as condições para superar sua marca, na Rio-2016, onde atingiu os 6,03m. Na Alemanhã, anteontem, foi a primeira competição do mariliense em 2019 e, também, o primeiro desafio desde que decidiu voltar a treinar com o técnico Elson Miranda no Brasil, em outubro do ano passado, após quatro temporadas seguidas na Itália.