Dise flagra dupla com drogas na favela da Vila Barros

O desempregado Giovani Vinícius de Brito Rosa, de 18 anos, e um adolescente, de 16 anos, foram presos por policiais civis da Dise (Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes) acusados do crime de tráfico de drogas na manhã de ontem (22) na favela da Vila Barros, na zona Norte da cidade. Segundo o delegado Luís Marcelo Perpétuo Sampaio, investigações da delegacia especializada em narcóticos ide

O desempregado Giovani Vinícius de Brito Rosa, de 18 anos, e um adolescente, de 16 anos, foram presos por policiais civis da Dise (Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes) acusados do crime de tráfico de drogas na manhã de ontem (22) na favela da Vila Barros, na zona Norte da cidade.
Segundo o delegado Luís Marcelo Perpétuo Sampaio, investigações da delegacia especializada em narcóticos identificou que a dupla estaria comercializando drogas diuturnamente numa das vielas da rua Salvador Salgueiro.
Na manhã de ontem, os policiais civis monitoraram o local e flagraram a dupla sentada na viela. Ao notar a aproximação dos investigadores, os acusados tentaram a fuga para o interior da favela, mas foram perseguidos e detidos.
No trajeto o adolescente dispensou uma sacola plástica com 252 pedras de crack, 28 pinos de cocaína e R$ 10 em dinheiro. Já o desempregado tentou se desfazer de uma “muca” que armazenava 40 trouxinhas de maconha.
Rosa foi indiciado em flagrante por de tráfico de entorpecentes e associação criminosa, e recolhido para a penitenciária de Marília. A pena pode chegar até 25 anos de prisão em regime fechado. Já o adolescente foi encaminhado para audiência de custódia na Vara da Infância e Juventude.