Cruzeiro passa pelo Sport-PE e segue imbatível em Marília

Partida no Bento de Abreu terminou empatada em 1 a 1 no tempo normal e vaga mineira ocorreu nos pênaltis

O Cruzeiro-MG é a segunda agremiação que mais jogou no estádio Bento de Abreu, em Marília, na história da Copa São Paulo Junior. Ontem à tarde, ao eliminar o Sport-PE nas penalidades máximas por 5 a 3 (1 a 1 no tempo normal), os mineiros fizeram seu oitavo jogo na cidade (em duas edições) e seguem imbatíveis no Abreuzão: cinco vitórias e três empates.

Amanhã (dia 13), com horário ainda indefinido, a Raposa atuará novamente no Bento de Abreu, dessa vez contra o time que mais jogou no Abreuzão: o Marília Atlético Clube (MAC) com 21 partidas. Será o quinto confronto da história entre ambos, sendo que o único que o Maquinho ganhou foi em São Paulo (1 a 0), em 1979. Os outros três aconteceram em Marília, com duas vitórias cruzeirenses e um empate.

Domingo também acontece o 46º jogo no Abreuzão de Copa São Paulo Junior, de seis edições realizadas em Marília.

Ontem, diante do Sport, o Cruzeiro começou o jogo perdendo. O tento inicial ocorreu aos 8 minutos do segundo tempo, com Ewerthon que chutou rasteiro e surpreendeu o goleiro cruzeirense. Pouco depois, porém, aos 17, em ótima jogada do ataque azul celeste, Vinícius Popó chutou de canhota para empatar.

O resultado levou a partida para os pênaltis. O Cruzeiro marcou todas as cobranças com Marco Antônio, João Luiz, Leonardo, Maurício e Matheus Pereira. O Sport perdeu sua quarta penalidade, batida por Pedro que mandou por cima do gol. Antes dele, Mikael, Alê Santos e Luciano tinha anotado.