HC é habilitado para a realização de implantes cocleares bilaterais

O Hospital das Clínicas foi habilitado para a realização de implantes cocleares bilaterais, incluindo procedimentos de manutenção, consertos e substituições. A instituição já era autorizada a fazer os implantes unilaterais desde 2011 e agora poderá cumprir o procedimento nos dois ouvidos. O Diário Oficial da União, do dia 31 de dezembro de 2018, publicou a portaria nº 4.421 que estabelece recursos

O Hospital das Clínicas foi habilitado para a realização de implantes cocleares bilaterais, incluindo procedimentos de manutenção, consertos e substituições. A instituição já era autorizada a fazer os implantes unilaterais desde 2011 e agora poderá cumprir o procedimento nos dois ouvidos.
O Diário Oficial da União, do dia 31 de dezembro de 2018, publicou a portaria nº 4.421 que estabelece recursos a essa finalidade. Esta habilitação é para os estabelecimentos como Serviço de Atenção Especializada às Pessoas com Deficiência Auditiva e estabelece recurso do Bloco de Custeio das Ações e Serviços Públicos de Saúde, a ser disponibilizado para o Grupo de Atenção de Média e Alta Complexidade Ambulatorial e Hospitalar - MAC dos Estados e Municípios.
Entre os estabelecimentos relacionados na publicação está o HC/Famema, que passará a ser habilitado como Serviço de Atenção Especializada às Pessoas com Deficiência Auditiva. A instituição já obteve o credenciamento do Ministério da Saúde para a realização de implante coclear pelo SUS (Sistema Único de Saúde) em outubro de 2011, com possibilidade de realizar até dois procedimentos por mês.
“Éramos autorizados a realizar implantes unilaterais, agora podemos fazer bilaterais, ou seja, nos dois ouvidos. Com a alteração, também fomos autorizados a realizar procedimentos de manutenção nos implantes cocleares, como consertos e substituições. Um ganho enorme para a qualidade do atendimento aos pacientes que necessitam desses tratamentos”, relatou a superintendente do HC/Famema, Paloma Aparecida Libanio Nunes.