Minha Mãe é uma Peça vai virar série no Globoplay

Do teatro para o cinema, do cinema para o streaming. Esta é a trajetória de Dona Hermínia, personagem de maior sucesso de Paulo Gustavo e estrela maior de Minha Mãe é uma Peça. Após estrelar dois longa-metragens, e com a promessa de um terceiro já para o ano que vem, a personagem irá agora estrelar uma série exclusiva para o Globoplay, com lançamento no segundo semestre de 2019 ou em 2020.

Do teatro para o cinema, do cinema para o streaming. Esta é a trajetória de Dona Hermínia, personagem de maior sucesso de Paulo Gustavo e estrela maior de Minha Mãe é uma Peça. Após estrelar dois longa-metragens, e com a promessa de um terceiro já para o ano que vem, a personagem irá agora estrelar uma série exclusiva para o Globoplay, com lançamento no segundo semestre de 2019 ou em 2020.

Minha Mãe é uma Peça será mais uma série exclusiva a ser disponibilizada no Globoplay, serviço de streaming da Rede Globo que pretente ter ainda 100 séries estrangeiras até o término de 2019. No momento, a plataforma já conta com as primeiras temporadas de Ilha de Ferro e Assédio, sendo que nos próximos meses serão lançados Shippados e Aruanas.

Casamento gay

O comediante, roteirista e produtor Paulo Gustavo tem um desafio e tanto pela frente com Minha Mãe é uma Peça 3: igualar (ou, quem sabe, superar) a astronômica arrecadação de Minha Mãe é uma Peça 2 - R$ 118 milhões e 9,8 milhões de espectadores. Por isso, ele pretende trazer um importante e relevante desenvolvimento para a vindoura continuação: o casamento de Juliano (Rodrigo Pandolfo), filho de Dona Hermínia (Gustavo), baseado no próprio matrimônio do roteirista.

"Como é algo embrionário, o filme ainda está muito no rascunho. Só posso falar que estou muito empolgado. Ah, e que uma coisa com certeza vai acontecer: Juliano vai casar. E vai casar com um homem. Claro, né!? Se ele é gay, vai casar um homem. Quero falar sobre isso até porque eu também casei", revelou Gustavo, em entrevista ao jornal O Globo.