Santa Casa marca presença na avaliação dos resultados

A Santa Casa de Misericórdia de Marília marcou presença na Reunião de Avaliação de Resultados do McDia Feliz 2018, realizada no dia 30 de novembro, no Bourbon Convention Ibirapuera Hotel, na capital paulista. Representantes de instituições que participam da campanha em todo o País estiveram no encontro que apresentou os números e os destaques do McDia Feliz deste ano, bem como projetou expectativa

A Santa Casa de Misericórdia de Marília marcou presença na Reunião de Avaliação de Resultados do McDia Feliz 2018, realizada no dia 30 de novembro, no Bourbon Convention Ibirapuera Hotel, na capital paulista.
Representantes de instituições que participam da campanha em todo o País estiveram no encontro que apresentou os números e os destaques do McDia Feliz deste ano, bem como projetou expectativas e metas para o próximo ano.
Em 2018, foram arrecadados R$ 26,4 milhões na campanha, realizada pelo 30o ano consecutivo pelo Instituto Ronald McDonald. Sessenta e uma instituições de diversos estados brasileiros promoveram atividades e receberam os recursos para o tratamento do câncer infanto juvenil. A novidade este ano foi a destinação de parte da renda do McDia Feliz ao Instituto Ayrton Senna para investimentos na área da Educação. O superintendente do Instituto Ronald McDonald, Chico Neves, explanou sobre o pensamento estratégico para os próximos 10 anos do McDia Feliz. “Em 2002, as chances de cura do câncer infantojuvenil eram de 48% e em 2018 já chegam a 64%, conforme dados do Inca (Instituto Nacional do Câncer). Em 2028 a nossa intenção é elevar este índice a 85% - o mesmo de países desenvolvidos”.
Anualmente, surgem 12.500 novos casos de câncer infantojuvenil no Brasil, sendo 6.200 crianças e adolescentes passando por tratamento em hospitais públicos e 2.500 em unidades hospitalares particulares. Estimativa do Inca aponta que 3.800 crianças e adolescentes podem estar morrendo sem diagnóstico e tratamento. “É exatamente isso que queremos mudar. Precisamos dar oportunidade de detecção e cura da doença a eles”, disse Chico Neves.
Para detectar casos de câncer e fazer o devido encaminhamento para tratamento, o Instituto Ronald McDonald está promovendo a expansão do Programa de Diagnóstico Precoce de Câncer Infantojuvenil.
O coordenador do McDia Feliz em Marília, Alex Torres, classificou a reunião de trabalho em São Paulo como extremamente produtiva. “Pudemos trocar experiências com hospitais de todo o País e refletir sobre ideias a serem colocadas em prática na campanha do próximo ano. Acredito que o envolvimento, o engajamento e o comprometimento são as chaves para o sucesso. Queremos contar com um número cada vez maior de voluntários e parceiros para conseguirmos alcançar nosso objetivo nesta causa tão nobre que é o combate ao câncer infantojuvenil”. No mesmo dia 30 de novembro, foi entregue o Troféu Atitude de Ouro, no Lounge Bienal, localizado no Parque do Ibirapuera. A Santa Casa de Marília recebeu menção honrosa do Instituto Ronald McDonald e foi destaque no evento, com a exibição de imagens da campanha, realizada na cidade pelo 19º ano consecutivo. O hospital marcou presença em cinco categorias: Esse Cara Sou Eu (1º vice-provedor Norival Carneiro Rodrigues), Fazendo a Diferença (Grupo ZDA Alimentos), O Grande Sucesso (Programa Adote), O Poderoso Chefão (Franqueado do McDonald’s em Marília, Everaldo Martins) e Orgulho de Ser Voluntário (Enfermeira Maria Aparecida Bezerra Cauneto, a Cidinha).