Em São Carlos, Marília quer repetir feito de 2017 dos Jogos Abertos do Interior

Eduardo Nascimento: “Nosso objetivo é manter a participação com atletas 100% da cidade”

As disputas da 82ª edição dos Jogos Abertos do Interior de São Carlos começam hoje e terminam no dia 24. Nove equipes de Marília estreiam nesta quarta-feira e segundo o secretário municipal de esportes, Eduardo Nascimento, não haverá nenhum tipo de cobrança aos atletas por resultados, mas ele espera que a cidade consiga ao menos repetir o desempenho de 2017, quando terminou na 17ª colocação geral da 1ª Divisão (70 pontos) e 32 medalhas.

“Nosso objetivo é manter a participação com atletas 100% da cidade e estamos muito satisfeitos, pois teremos muitos deles vindos dos nossos Projetos Sociais e que irão aproveitar para ganhar experiência. Não temos como cobrar resultados pela diferença de investimentos. Só para citar um exemplo, São José dos Campos vai gastar R$ 50 milhões e nós R$ 3 milhões. Estamos realizando um trabalho de base para médio e longo prazo”, explicou Nascimento.

O secretário ressaltou que a Associação Mariliense de Esportes Inclusivos (Amei) é a grande esperança de medalhas no atletismo e na natação ACD (atletas com deficiência). “O futsal masculino e feminino e o atletismo convencional também devem conquistar alguns pódios”.

Eduardo Nascimento acredita que no feriado (amanhã) será definida qual cidade será sede dos Jogos Abertos de 2019. Marília é uma das candidatas. “Acho que essa situação será resolvida no Congresso Técnico. Nós temos preparado todo o material para a apresentação da estrutura oferecida por Marília. Estou muito confiante, mas sei que não será fácil, porque iremos concorrer com cidades de porte maior que o nosso, como: São Bernardo do Campo e Sorocaba. São duas das candidatas que eu consegui apurar informalmente, porque só será divulgado oficialmente os nomes das candidatas no dia da decisão. O pedido de candidatura precisava ser entregue até o dia 15 de agosto”, lembrou.

Esse ano Marília voltou a sediar os Jogos Regionais, depois de 24 anos (1994). “Se depender da equipe técnica da Secretaria de Estado, somos favoritos também aos Abertos, pois fomos bastante elogiados pela organização”, frisou Nascimento.

 

1º dia de disputas com Marília:

 

8h30

Tênis de Mesa Feminino x Ourinhos (Sub-20 – 1ª Divisão)

9h30

Futsal Masculino x Artur Nogueira (Sub-20 – 1ª Divisão)

Vôlei de Praia Masculino x Praia Grande (1ª Divisão)

Badminton Feminino x Mogi das Cruzes (1ª Divisão)

10h

Badminton Masculino x Santos (1ª Divisão)

Tênis de Mesa Masculino x Jacareí (Sub-20 – 1ª Divisão)

11h

Vôlei de Praia Feminino x Rio das Pedras (2ª Divisão)

11h30

Vôlei de Praia Masculino x Sorocaba (1ª Divisão)

14h

Xadrez Masculino (1ª Divisão)

17h

Ciclismo Masculino (1ª Divisão)