Univem lança primeira startup do InnovaSpace

O Univem lançou ontem a primeira startup do InnovaSpace Coworking. A PedFarma é um aplicativo de celular para orientação e venda de medicamentos que a partir de agora está disponível no mercado. Já existem parceiras definidas com farmácias em cada região de Marília. O Coworking existe no Univem desde o ano passado para estimular ideias e oportunizar o desenvolvimento de negócios. O serviço anteced

O Univem lançou ontem a primeira startup do InnovaSpace Coworking. A PedFarma é um aplicativo de celular para orientação e venda de medicamentos que a partir de agora está disponível no mercado. Já existem parceiras definidas com farmácias em cada região de Marília.
O Coworking existe no Univem desde o ano passado para estimular ideias e oportunizar o desenvolvimento de negócios. O serviço antecede a incubadora, que já existe no Univem há 18 anos, voltada a novas empresas, para apoiá-las na primeira fase de existência.
Das várias startups do InnovaSpace, a PedFarma é a primeira a se lançar no mercado, um marco para o Univem. “Acreditamos em nossos jovens e no futuro, acompanhando e inovando sempre para atender as exigências de mercado. Esse lançamento, hoje (ontem), marca o fim da era analógica e é resultado de 20 anos de trabalho, desde que iniciamos o curso de computação”, disse o reitor do Centro Universitário Eurípedes de Marília, Luís Carlos Macedo Soares.
De acordo com o coordenador do Citec (Centro de Inovação Tecnológica de Marília), que engloba o InnovaSpace e a incubadora, Elvis Fusco, todos os cursos de graduação e pós-graduação podem usufruir do Coworking e são estimulados a isso, no desenvolvimento de projetos que possam se tornar um negócio de fato. Inclusive integrando profissionais e graduandos de diferentes áreas.
“O contexto é sempre interdisciplinar para que seja um negócio completo e oferecemos monitoria e estrutura para o desenvolvimento da empresa em um ambiente aberto, lúdico e com vários ambientes que favoreçam a criatividade”, mencionou Elvis Fusco.
PedFarma
A PedFarma começou há dois anos e meio separadamente, com ideias que foram unidas alguns meses depois se tornando uma startup há um ano. Agora o aplicativo já está disponível nas lojas Apple Store e Google Play para ser baixado e utilizado no celular. Há cinco farmácias parceiras, uma em cada região da cidade.
“Passamos pela fase de teste que durou cinco meses, com aprovação de todos os públicos, em especial de pais, de portadores de doenças leves, e de doentes crônicos. Nosso foco é a comodidade do cliente, podendo obter orçamentos e fazer a compra dos seus medicamentos na palma de sua mão. Atendemos as farmácias que procuram consumidores e os consumidores que precisam da farmácia, sendo um canal facilitador”, disse um dos sócios da startup, o administrador de empresas Rudy Tedeschi. O projeto, ainda em fase inicial, foi seu TCC (Trabalho de Conclusão de Curso) no Univem.
Junto com Rudy estão o designer gráfico Lucas Lellis, que utilizou a formação da Pedfarma em sua pós-graduação, também no Univem; o administrador Diogo Souza e o profissional de TI (Tecnologia da Informação), Willian Custódio.
Agora que a Pedfarma se lança no mercado, ela deixa o Coworking. O próximo passo será a incubadora. Os interessados em baixar o aplicativo poderão utilizá-lo a qualquer momento, montando uma cesta de produtos e remédios e recebendo no ato os diferentes orçamentos. “Os clientes escolhem o orçamento que desejam e ainda contam com ofertas exclusivas do nosso aplicativo pela parceria que temos com as farmácias. Também escolhe a forma de pagamento e se deseja buscar a compra ou recebe-la no endereço que preferir”, contou Rudy Tedeschi.