Unimar abre novo mestrado interdisciplinar

A Unimar anunciou ontem a abertura do Mestrado Interdisciplinar “Interações Estruturais e Funcionais na Reabilitação”. O programa foi aprovado pela Capes, que pertence ao Ministério da Educação. Ao todo, a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior autorizou somente 14 propostas no país, entre 154 recebidas na mesma área. A Universidade de Marília está entre as licenciadas. De ac

A Unimar anunciou ontem a abertura do Mestrado Interdisciplinar “Interações Estruturais e Funcionais na Reabilitação”. O programa foi aprovado pela Capes, que pertence ao Ministério da Educação.
Ao todo, a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior autorizou somente 14 propostas no país, entre 154 recebidas na mesma área. A Universidade de Marília está entre as licenciadas.
De acordo com o coordenador do programa do Mestrado Interdisciplinar “Interações Estruturais e Funcionais na Reabilitação”, Rogério Leone Buchaim, a Capes recebeu 154 propostas de mestrado nessa mesma área, incluiando várias instituições conceituadas, mas somente 9% foram aprovadas. E o coordenador destacou que o programa da Unimar por atender a todas as áreas de saúde.
Se o Mestrado Interdisciplinar atende a todos os profissionais de saúde, também expande o mercado de trabalho para os futuros mestres. A professora de anatomia dos cursos de Medicina e Odontologia, Daniela Vieira Buchaim, é membro do corpo docente do novo programa, e ressaltou a formação de futuros docentes e pesquisadores para atuar em diversas áreas de saúde e não exclusivamente na sua formação acadêmica. “A Universidade de Marília trabalhou mais de um ano para chegar a essa proposta, que faz a integralidade entre todas as atuações da Saúde”.
O Mestrado “Interações Estruturais e Funcionais na Reabilitação” vai focar as pesquisas translacionais, que tem seu início na ciência básica e sua conclusão na aplicação prática do conhecimento aprendido. “As pesquisas que estamos projetando são as mais modernas, não só para uma publicação, mas com eficácia clínica para mudar os tratamentos de saúde. O foco é o paciente”, disse o coordenador desse novo programa de mestrado.
De acordo com o corpo docente do mestrado, o novo programa vai ao encontro da visão integral do paciente, que humaniza os tratamentos e exige essa integralidade entre as funções de Saúde.
Reitor apresenta
novo mestrado
O Mestrado Interdisciplinar da área da saúde foi apresentado ontem de manhã, na Unimar, através de uma coletiva de imprensa realizada pela reitoria. “Depois de completar 60 anos no ensino superior, caminhamos para o futuro, investindo em pós-graduação e pesquisa”, disse o reitor da Universidade de Marília, Márcio Mesquita Serva. Ele ressaltou que a Unimar une Saúde e Educação, duas áreas fundamentais para o desenvolvimento. 
“Nossa meta é qualificar e aperfeiçoar o ensino e a profissionalização. Pretendemos consolidar um Núcleo de Pós-Graduação na Universidade de Marília, e um Núcleo de Centro de Pós-Graduação, valorizando o ensino em Marília e trazendo alunos de outras regiões também”, acrescentou o reitor.
A pró-reitora de Ação Comunitária, Pesquisa e Pós-Graduação, Fernanda Mesquita Serva, ressaltou que o trabalho da Pós-Graduação vem qualificar ainda mais a Graduação, fazendo uma via de mão dupla entre elas. “Foi um investimento alto e em um momento de crise nacional, mas essa é uma aposta assertiva pela qualidade com que esse programa se constituiu”.