Galeria pluvial tem reparação concluída

A Secretaria de Obras Públicas e o Daem (Departamento de Água e Esgoto de Marília) concluiram até o final desta quinta-feira (11), a recuperação de galerias de águas pluviais na Via Expressa que haviam se rompido na Zona Sul de Marília. Uma cratera precisou ser aberta pelos servidores por duas vezes para a resolução total do problema. De acordo com a secretaria e a autarquia tudo deu início com a

A Secretaria de Obras Públicas e o Daem (Departamento de Água e Esgoto de Marília) concluiram até o final desta quinta-feira (11), a recuperação de galerias de águas pluviais na Via Expressa que haviam se rompido na Zona Sul de Marília. Uma cratera precisou ser aberta pelos servidores por duas vezes para a resolução total do problema.
De acordo com a secretaria e a autarquia tudo deu início com a abertura de um buraco no asfalto, este teve como causa, um vazamento em um poço de visita da rede de esgoto o qual ocasionou o comprometimento na estanqueidade da tubulação pluvial. Desde terça-feira (9), mesmo com as chuvas intensas que caíram na cidade, os servidores estão trabalhando no local. A Emdurb precisou desviar o trânsito em um determinado período para o tráfego de veículos.
“É de suma importância que a população ao perceber um cheiro de esgoto vindo das bocas de lobo, acione imediatamente o Daem, visto que a tubulação de águas pluviais não exala odor pois, conduz somente a água da chuva”, disse Maycon Ramón, chefe de obras do setor de galerias pluviais da Prefeitura.
Ele explicou ainda que, caso haja o cheiro característico de esgoto significa que a rede está rompida e o que era para ser um reparo simples acaba comprometendo a integridade de outras tubulações, a camada asfáltica e por ventura ocasiona risco aos usuários das vias como foi o caso da Via Expressa. O trânsito no local deverá ser liberado no final da noite de ontem e a camada asfáltica será recomposta até hoje, sexta-feira, dia 12.