Viva Nazinha!

Quem visitar Belém (PA) essa semana vai sentir que chegou na capital paraense em um momento especial. É quando as casas se enfeitam e o cheiro das delícias da culinária paraense tomam conta da cidade com um único objetivo: homenagear Nossa Senhora de Nazaré, padroeira do Pará e Rainha da Amazônia.

Quem visitar Belém (PA) essa semana vai sentir que chegou na capital paraense em um momento especial. É quando as casas se enfeitam e o cheiro das delícias da culinária paraense tomam conta da cidade com um único objetivo: homenagear Nossa Senhora de Nazaré, padroeira do Pará e Rainha da Amazônia. O Círio de Nazaré está em sua 226º edição e reúne mais de dois milhões de fiéis sempre no segundo domingo de outubro.

Até sexta-feira (12) quem passar pelos terminais de desembarque irá se deparar com apresentações de grupos de carimbó, show folclórico, além da distribuição de fitas e cheiro-do-Pará. A ação é uma parceria entre a Infraero, secretaria estadual de Turismo e Belemtur.

O movimento já é intenso no terminal aeroportuário da capital, onde é esperado um crescimento de 21% no número de passageiros de outubro em relação ao mesmo período do ano passado. A expectativa é que 295 mil viajantes desembarquem na cidade. Somente para o período de 8 a 20 de outubro estão confirmados 1.042 voos.

A grande festa em homenagem à Nazinha, como é carinhosamente chamada, também é conhecida como o “Natal dos Paraenses”. Além da celebração religiosa que impressiona pela magnitude dos números e pela força da devoção, o Círio de Nazaré também conta com eventos no período que antecede a celebração deste domingo (14).

Um dos momentos mais bonitos da extensa programação de homenagens à santa é a procissão fluvial que acontecerá no sábado (13), dia anterior ao grande cortejo. Colocada em destaque em um navio da Marinha do Brasil, a imagem atravessa as águas da baía do Guajará, abençoando ribeirinhos e fiéis.

Na noite do mesmo dia, milhares de velas irão iluminar o caminho da Berlinda que transporta Nossa Senhora de Nazaré. A estimativa é que mais de um milhão de pessoas acompanhem o trajeto. Durante todo o percurso, há fogos de artifício e muitas homenagens à padroeira do paraense.

A GRANDE PROCISSÃO

Mas o grande dia para os devotos de Nossa Senhora de Nazaré começa antes mesmo do surgimento dos primeiros raios de sol. No domingo (14), visitantes e turistas devem ter a dimensão completa do que o Círio de Nazaré representa para devotos e locais. São mais de dois milhões disputando um espaço perto da imagem da santa no cortejo que sai da Catedral da Sé rumo à Brasílica de Nossa Senhora de Nazaré em um percurso de 3,6 quilômetros.