Conheça a história do misterioso gato León de “O Sétimo Guardião”

“Fiz questão que o gato fosse preto para desmistificar essa história de que gato preto dá azar”, explicou Aguinaldo Silva

Um mistério ronda a vida dos habitantes de Serro Azul, cidade onde se passa boa parte da história de O Sétimo Guardião: qual a verdadeira identidade do gato León? O animal de estimação de Egídio (Antonio Calloni) era o guardião-mor da fonte secreta que existe na região até descumprir uma das regras e ser castigado a viver em forma de gato:

"Ele começa como um gato, mas o público vai descobrir que esse gato tem poderes. Ele é um gato que não é bem um gato. E o público vai perceber isso desde o início", adiantou Aguinaldo Silva, autor da nova novela das nove, que estreia em novembro.

"Ele é um dos protagonistas da história”, afirmou o diretor artístico Rogério Gomes, que repete com Aguinaldo a parceria de “Império”. O "castigo" de León só será desfeito quando o sucessor de Egídio assumir o posto de guardião-mor da fonte secreta.

O gato tem uma ligação muito forte com duas personagens: Luz (Marina Ruy Barbosa) e Judith (Isabela Garcia). A primeira se sente protegida pelo animal e se comunica com ele pelo olhar. Já a segunda nutre um profundo carinho pelo felino, mesmo sem ter nenhuma ideia do mistério que envolve o personagem.

Aguinaldo Silva explicou o motivo de ter escolhido um gato preto para o papel de destaque na trama: "Me inspirei naquela coisa do gato ser um animal encarado como mágico. Fiz questão que o gato fosse preto para desmistificar essa história de que gato preto dá azar, o que é uma coisa sem sentido, nenhum bicho dá azar. O León sendo o que é na novela provavelmente vai ajudar a quebrar um pouco desse preconceito contra o gato preto".