Universidade recebe 8 mil pessoas em 3 dias de Feira das Profissões

A Feira das Profissões promovida pela Unimar integra os 22 cursos da universidade, cada um com um estande. O destaque é a interatividade. O evento, iniciado na terça, segue ainda hoje, das 8h às 23h e é aberto a todos os interessados. Ao todo oito mil pessoas devem comparecer, a maioria de escolas de Marília e região. O evento, chamado Unimar Aberta, marca o lançamento do vestibular, com inscriç

A Feira das Profissões promovida pela Unimar integra os 22 cursos da universidade, cada um com um estande. O destaque é a interatividade.  O evento, iniciado na terça, segue ainda hoje, das 8h às 23h e é aberto a todos os interessados. Ao todo oito mil pessoas devem comparecer, a maioria de escolas de Marília e região.
O evento, chamado Unimar Aberta, marca o lançamento do vestibular, com inscrições feitas também no próprio ginásio de esportes da universidade, onde acontece a feira.
Os estandes foram montados pelos acadêmicos, que atuam na feira como atividade de extensão à comunidade. O trabalho tem a orientação e supervisão dos professores e coordenadores dos cursos de graduação, todos inseridos na feira.
Cada curso levou um ou mais atrativos para a feira e o resultado é um evento totalmente interativo que possibilita a vivência das opções de graduação, favorecendo a escolha certa.
Pelo menos 7.200 alunos de escolas estaduais e particulares de Marília e região devem passar pela feira, em especial estudantes do ensino médio, segundo cálculo da universidade. Além do público em geral. Ao todo o público estimado é de oito mil visitantes.
“A Unimar, que sempre está de portas abertas para receber a comunidade promove a feira e prepara toda a instituição para acolher ainda melhor a comunidade, apresentando todos os nossos cursos e serviços”, considerou o coordenador da Engenharia de Produção Mecânica e Elétrica, Odair Laurindo Filho. Além da feira, os visitantes são convidados a circular pelo Campus e conhecer a estrutura de cada curso, incluindo seus serviços e laboratórios.
Laurindo mencionou que os atrativos da feira chamam a atenção dos visitantes de forma diferente, despertando vocações. “O interesse de cada um depende da aptidão que ele possua”. A feira esclarece dúvidas sobre a faculdade e a profissão de interesse, suas várias atuações e possibilidades. Pode ajudar um aluno a confirmar um interesse anterior ou a entender que a opção estava errada e também despertá-lo para outras áreas que antes não tinha imaginado.
O curso de Educação Física, por exemplo, trouxe equipamentos de exercícios para os visitantes interagirem e até instalou uma tabela de basquete com direito a uma camiseta para os que acertam duas cestas. No entanto, também informou os interessados sobre a grade curricular, com muita fisiologia e anatomia.
“A Educação Física é um curso muito voltado à saúde, com grande responsabilidade por parte dos profissionais. É o caso dos que optam por atuar em grupos de risco, que são os cardiopatas, diabéticos, pessoas com deficiência e outras doenças ou limitações físicas. Ou seja, muita gente”, comentou o professor de Educação Física, Wellington Teixeira da Cruz.