Cultura e Cejusc realizam exposição “Novos Olhares - Realismo Contemporâneo”

Na próxima segunda-feira (17), em parceria com o Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania da Comarca de Marília - Cejusc, a Secretaria Municipal da Cultura abrirá mais uma exposição vinculada ao projeto “A Arte Humanizando e Harmonizando”.

Na próxima segunda-feira (17), em parceria com o Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania da Comarca de Marília - Cejusc,  a Secretaria Municipal da Cultura abrirá mais uma exposição vinculada ao projeto “A Arte Humanizando e Harmonizando”.

Com tema “Novos Olhares – Realismo Contemporâneo”, a mostra trabalha a ideia da pintura, em sua realidade contemporânea, onde a arte é exposta ao espectador em uma abordagem de imagens trazidas do cotidiano e transformadas em novas imagens, com definições realistas, do dia a dia.

Personalidades, olhar sobre um mesmo tema, crenças, estudos, experimentações, são processos criativos produzidos e baseados no cotidiano. Os materiais utilizados pelos artistas são: óleo sobre tela, acrílico sobre tecido, acrílico sobre tela, óleo sobre madeira.

Para o secretário da Cultura André Gomes Pereira, “é importante democratizar o acesso às artes plásticas, levando obras de arte para que a população possa apreciar em múltiplos locais. O polo cultural do Cejusc cumpre este importante papel de divulgar a arte e a cultura de nossos artistas marilienses”.

Segundo a chefe de Seção Judiciário do Cejusc, Juliana Raquel Nunes, “Estamos muito satisfeitos com o sucesso das exposições e pela continuidade do projeto, oferecendo oportunidades para que artistas de Marília e região possam expor seus trabalhos. Com a arte, o Cejusc de Marília tornou-se um espaço bem mais agradável à população, que pode aguardar atendimento apreciando belíssimas obras de arte,” disse a chefe de Seção Judiciário do Cejusc, Juliana Raquel Nunes   

Para esta mostra, a Secretaria Municipal da Cultura convidou grandes e premiados artistas, com obras que agradarão muito os frequentadores do espaço, que passa a ser mais humanizado e harmônico, daí a ideia do tema. São eles: Sônia Lombardi, Wânia Lombardi, Alisson Manzoni, Sérgio Doreto, Iara Feltrin, Cauê Boal, Marciel Dias, Cleuza Novak e Isabel Campos.

A mostra permanecerá aberta para visitação até o mês de novembro, no horário de atendimento do Cejusc (Campus da Unimar - Bloco 6, ao lado da Biblioteca- Av. Higino Muzi Filho, 1001), que é de segunda à sexta-feira, das 9h às 17h, com entrada franca e terá abertura especial com a fala da psicanalista Patrícia Nunes e do psicólogo e músico Reinaldo Pereira da Cruz.

Artistas e fotógrafos de Marília e região interessados em expor gratuitamente nesse espaço devem fazer contato com Isabel Campos na Secretaria Municipal de Cultura, por meio do telefone (14) 3402-6600.