Deputado federal Sinval Malheiros apoia HBU

O deputado federal Dr. Sinval Malheiros (Podemos) esteve em Marília ontem e visitou o Hospital Beneficente Unimar. Como médico, cirurgião geral, ele opera no HBU, onde já esteve várias vezes a trabalho. Como parlamentar atua em prol da Saúde e é parceiro da instituição. A meta dessa parceria no próximo mandato é contribuir com a implantação do centro oncológico. A visita política à cidade encontro

O deputado federal Dr. Sinval Malheiros (Podemos) esteve em Marília ontem e visitou o Hospital Beneficente Unimar. Como médico, cirurgião geral, ele opera no HBU, onde já esteve várias vezes a trabalho. Como parlamentar atua em prol da Saúde e é parceiro da instituição. A meta dessa parceria no próximo mandato é contribuir com a implantação do centro oncológico.
A visita política à cidade encontrou espaço na agenda para a confraternização com colegas de profissão e trabalho do HBU. O médico e deputado federal foi recebido pela superintendente da instituição, Márcia Mesquita Serva Reis.
“Temos um carinho e um respeito muito grande pelo Dr. Sinval como médico e como deputado, sempre atento às necessidades do hospital no atendimento a população de Marília e região. Além disso, pessoalmente é uma pessoa bastante agradável e transparente. Hoje (ontem) ele veio prestigiar seus colegas de trabalho com sua visita”, disse a superintendente.
Sinval Malheiros responde pelo primeiro recurso federal recebido pelo Hospital da Unimar, aproximadamente R$ 500 mil repassados por emenda parlamentar no ano passado. O montante foi aplicado em mutirões da saúde.
Ao todo até hoje as emendas do deputado somam cerca de R$ 6 milhões para o HBU, revertidos em serviços para os usuários do SUS.
O deputado federal paulistano marca seu primeiro mandato também em Catanduva, onde atua no Hospital Emílio Carlos para o seu aprimoramento e transformação como Hospital do Câncer. Em Marília, o HBU conta com essa experiência no apoio à implantação do centro oncológico. O hospital, que já tem três torres, vai erguer a quarta em 2019 com esse objetivo.
O Hospital Emílio Carlos, mantido pela Fundação Padre Albino, é referência para atendimento da população de 19 municípios e tem como grande diferencial o serviço de quimioterapia, com média mensal de atendimento de 200 pacientes.
No entanto, faltava a Radioterapia, com implantação já iniciada, o que vai evitar a necessidade de deslocamento dos pacientes da cidade e região para outras localidades.
Estrutura do HBU
Dos mais de 160 leitos hospitalares do HBU, cem são voltados ao atendimento público e mais 41 serão credenciados pelo SUS, incluindo 16 de UTI (Unidade de Terapia Intensiva).
O centro cirúrgico possui nove salas com um fluxo de quase 700 procedimentos/mês. Na UTI neonatal e na UTI adulto existem leitos particulares e SUS.
O hospital vai integrar ainda uma quarta torre, para a implantação de um centro oncológico. “O projeto do centro oncológico será iniciado com R$ 300 milhões e não tem término porque pretendemos acompanhar a evolução tecnológica e absorver a grande demanda de pacientes. Quanto mais serviços de qualidade melhor, porque quando as pessoas adoecem elas querem o melhor atendimento e o mais perto”, considerou o reitor Márcio Mesquita Serva recentemente.
Deputado Sinval Malheiros
Sinval Malheiros foi eleito deputado federal por São Paulo em 2014. Em janeiro de 2015, assumiu como suplente a vaga de Roberto de Lucena por um mês, antes do término da legislatura.
Ele conta que entrou para a Política aos 62 anos (hoje tem 67), o que inicialmente não estava planejado em sua trajetória. “Sempre fui médico, mas ao assumir a direção de uma instituição hospitalar e me deparar com o prenúncio de uma greve, por falta de recebimento de salário, tive que me envolver com o poder público. Na ocasião consegui o repasse que estava em falta, evitando a paralisação. Essa conquista me fez ver o quanto a Política, bem realizada é importante em todos os setores. E a medicina muito me auxilia em uma visão mais humanista”.
Malheiros frisou que a renovação é fundamental e que a política no Brasil tem que passar pelo processo doloroso da crise para se reconstruir mais valorosa e voltada aos anseios e direitos da população.