Nova novela de Gilberto Braga ganha título e data de estreia na Globo

Mesmo após o fracasso de "Babilônia" (2015), que terminou como uma das piores audiências da história das 21h, Gilberto Braga segue prestigiado na Globo. A emissora aprovou um projeto de minissérie sobre Elis Regina escrita pelo autor, e já deu o aval para ele desenvolver a sinopse de uma nova novela das onze. Gilberto já entregou o texto da minissérie, que deve ir ao ar em janeiro na Globo, e agor

Mesmo após o fracasso de "Babilônia" (2015), que terminou como uma das piores audiências da história das 21h, Gilberto Braga segue prestigiado na Globo. A emissora aprovou um projeto de minissérie sobre Elis Regina escrita pelo autor, e já deu o aval para ele desenvolver a sinopse de uma nova novela das onze. Gilberto já entregou o texto da minissérie, que deve ir ao ar em janeiro na Globo, e agora se dedica ao novo folhetim.

Em recente entrevista ao programa “Donos da História”, do Canal Viva, o autor admitiu que não tem mais vontade de escrever novelas para a faixa das 21h e revelou o desejo de fazer um folhetim para ir ao ar às 23h. “Já estou com 71 anos, acho uma responsabilidade muito grande. É muito tenso. A das 23h é mais fácil, porque tem menos censura, além de ser um número menor de capítulos, não é todo dia”, disse.

A nova novela de Gilberto tem previsão de estreia para 2020 e vai abordar temas como homofobia e a aceitação em família, assuntos que acabaram sendo cortados de "Insensato Coração", uma de suas novelas das nove. O título do folhetim, até o momento, foi definido como "Intolerância".