Maquinho sai dos “trilhos” com a Ferroviária e cede o empate no Sub-20

Meia Diego Borges marcou o gol maqueano de pênalti, aos 15 minutos do primeiro tempo, no Abreuzão

O Marília Atlético Clube (MAC) tinha tudo para dividir a liderança do grupo com o São Paulo, mas acabou sofrendo o gol de empate da Ferroviária na reta final e o placar terminou em 1 a 1, ontem à tarde, no estádio Bento de Abreu, pela 2ª rodada da segunda fase do Campeonato Paulista Sub-20. Na outra partida da chave, o líder Tricolor recebeu o XV de Piracicaba, no CT de Cotia e também ficou na igualdade pela contagem mínima.

O São Paulo tem quatro pontos na classificação. O Alviceleste e o XV de Piracicaba estão rigorosamente empatados na 2ª colocação com dois pontos cada, enquanto que a Ferroviária somou seu primeiro ponto. Nas duas próximas rodadas o Maquinho vai encarar o Tricolor. O primeiro jogo será no dia 11 (sábado), às 15h, no Abreuzão. Os dois primeiros lugares se classificam diretamente para a 3ª fase, além dos quatro melhores terceiros colocados entre os seis grupos.

O Alviceleste começou o jogo muito bem e teve até um gol anulado. Contudo, o placar foi aberto em cobrança de pênalti, aos 15 minutos do primeiro tempo. O meia Diego Borges marcou seu primeiro gol no estadual. A Ferroviária chegava ao ataque, mas não conseguia entrar na grande área maqueana. A melhor chance dos visitantes foi aos 35 minutos, quando o artilheiro do time, o atacante Lauro (cinco gols), finalizou de fora da área e a bola passou perto.

Na etapa final, o Maquinho se fechou no campo defensivo e poucas vezes conseguiu o contra-ataque. Na melhor chance aos 28, o atacante Dener arrancou pela esquerda, invadiu a grande área, mas no arremate a bola foi defendida com os pés pelo goleiro Guilherme. O gol do clube de Araraquara veio aos 33. O lateral Marcos Vinícius cruzou rasteiro da esquerda na linha da pequena área, o zagueiro Rafael Garutti foi afastar e chutou a bola em cima do companheiro Léo Salvador, que ainda tentou evitar que a bola entrasse, mas foi em vão (1 a 1).

Aos 41 minutos o MAC quase conseguiu a vitória. Do meio-campo, Léo Salvador lançou o centroavante Wesley, que de costas para a grande área, ajeitou para trás, para a batida de primeira do volante Marcão, que tentou encobrir o goleiro e a bola passou perto.