17ª Mostrinha de Filme Livre na Sala Municipal de Projeção

Nesta quinta-feira (12), às 14h30, acontece na Sala Municipal de Projeção “Emílio Peduti Filho”, a 17ª MFL (Mostrinha de Filme Livre), com exibição de curtas-metragens infantis.

Nesta quinta-feira (12), às 14h30, acontece na Sala Municipal de Projeção “Emílio Peduti Filho”, a 17ª MFL (Mostrinha de Filme Livre), com exibição de curtas-metragens infantis.

Com entrada gratuita, a mostra realizada pela Produção WSET, com apoio da Secretaria Municipal da Cultura e apoio institucional Banco do Brasil, tem como foco curatorial filmes inventivos, artísticos, poéticos, que fujam do lugar comum narrativo / estético.

Para a mostra de Marília foram selecionados os curtas Dinoshop (Tainá Ribeiro Nepomuceno, 4min, 2013, RS), Fazenda Rosa (Chia Beloto, 9min, 2017, PE), Lia (Giulia Donato, 11min, 2017, RJ), Mira (Janaina da Veiga, 8min, 2017, PR) e O dedo de Ian (Igor Amin, 6min, 2018, MG).

A MFL - Mostrinha de Filme Livre se transformou, nos últimos anos, na maior mostra audiovisual do Brasil, exibindo a cada edição mais de 200 filmes brasileiros em várias capitais. Fruto da dedicação e esforço de muita gente, por mais de década a MFL insiste que o cinema mais amoroso que monetário é fundamental de ser feito e mostrado.

Os 230 filmes desta edição compõem um caleidoscópio do país, com tudo de positivo/negativo que este painel carrega, visto que o Brasil é cheio de contradições, muitas delas seculares e mal resolvidas.

Pelo Brasil adentro são feitos filmes que buscam levar à tona questões que muitas vezes incomodam - sejam elas estéticas ou políticas. O cinema livre trata desse lado espinhoso do cinema nacional, de modo que a MFL nasceu e segue viva para exibir e pensar o que de mais original, exótico, poético e subversivo os brasileiros têm sido audiovisualmente.

A Sala Municipal de Projeção “Emílio Peduti Filho” está localizada na Av. Sampaio Vidal 245 - piso superior do Centro Cultural (entrada pelo Museu de Paleontologia).