CCM exibe "O Diário de Anne Frank"

O Clube de Cinema de Marília exibe hoje às 20h, na sessão Quinta Especial, o filme “O Diário de Anne Frank” (The Diary of Anne Frank - EUA), épica adaptação para as telas assinada por George Stevens de um dos mais comoventes documentos surgidos após a 2ª Guerra Mundial: o diário de uma garota judia de treze anos de idade, chamada Anne Frank.

O Clube de Cinema de Marília exibe hoje às 20h, na sessão Quinta Especial, o filme “O Diário de Anne Frank” (The Diary of Anne Frank - EUA), épica adaptação para as telas assinada por George Stevens de um dos mais comoventes documentos surgidos após a 2ª Guerra Mundial: o diário de uma garota judia de treze anos de idade, chamada Anne Frank.

Amsterdã, Holanda, 1942. Anne Frank (Millie Perkins) vive no sótão secreto de um estabelecimento comercial, juntamente com seus pais, Otto (Joseph Schildkraut) e Edith (Gusti Huber), e sua irmã Margot (Diane Baker). Além deles vive no local uma outra família judia, composta por Hans Van Daan (Lou Jacobi), Petronella Van Daan (Shelley Winters), Peter Van Daan (Richard Beymer) e Albert Dussell (Ed Wynn), um idoso dentista.

No refúgio providenciado por Kraler (Douglas Spencer) e Miep (Dodie Heath), bondosos proprietários de lojas, Anne Frank documenta sua vida enquanto se esconde da Gestapo da Holanda. Por dois anos eles ficam escondidos, vivendo sempre na apreensão de saberem que podem ser traídos ou descobertos a qualquer momento e mandados para um campo de concentração. Apesar disto eles sonham com dias melhores, ao mesmo tempo em que Peter e Anne se apaixonam. Em seu diário, Anne registra as dificuldades e medos das pessoas à sua volta que tentavam viver uma vida normal mesmo confinados no minúsculo sótão, estando todo o tempo sob ameaça de serem descobertos pela Gestapo. O estresse e a tensão quase insuportável da situação são habilmente expostos neste filme marcante e tocante.

Shelley Winters doou o Oscar que ganhou por sua atuação em “O Diário de Anne Frank” ao Museu Anne Frank, localizado em Amsterdã, na Holanda.

Até hoje não se sabe quais acontecimentos culminaram na deportação da garota e sua família para o campo de concentração onde ela morreu aos 15 anos de idade.

Direção: George Stevens (“Giant - Assim caminha a humanidade”, Shane - Os Brutos Também Amam”). Duração: 180 minutos. Entrada gratuita. As sessões do Clube de Cinema de Marília acontecem na Sala Municipal de Projeção “Emílio Peduti Filho”, localizada na av. Sampaio Vidal, 245 - piso superior do Centro Cultural (entrada pelo Museu de Paleontologia).