Distribuidoras aumentam o preço do diesel

Os postos de combustíveis estão recebendo diesel das distribuidoras com aumento de três a quatro centavos o litro desde segunda-feira. Conforme comunicado encaminhado aos postos pelo Sincopetro (Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo do Estado de São Paulo), as distribuidoras explicam que os novos valores do diesel estão relacionados aos custos do biodiesel (a composição do dies

Os postos de combustíveis estão recebendo diesel das distribuidoras com aumento de três a quatro centavos  o litro desde segunda-feira. Conforme comunicado encaminhado aos postos pelo Sincopetro (Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo do Estado de São Paulo), as distribuidoras explicam que os novos valores do diesel estão relacionados aos custos do biodiesel (a composição do diesel recebe 10% de biodiesel).
O diretor do Sincopetro em Marília, Gustavo César da Silva, disse que o sindicato entrou em contato com a Fundação Procon para obter um posicionamento, já que inúmeros postos tem consultado o sindicato sobre como proceder em relação ao aumento, para atender à  Portaria nº 735 de 1º/06/2018, que obriga os postos ao repasse integral da redução do diesel para o consumidor.
Após a greve dos caminhoneiros o acordo foi que as distribuidoras não iriam reajustar os preços do diesel  por 60 dias. As distribuidoras justificam  a alta pelo aumento no preço do biodiesel. “Estamos aguardando posicionamento do Procon para ver como proceder. Eles devem nos informar nesta quarta”, disse.
Guilherme Moreira, proprietário do Posto Esmeraldas,  disse que recebe carregamento de diesel todos os dias e o aumento nas distribuidoras  está em vigor desde sábado. “Como vendemos muito diesel recebemos todos os dias. Estamos aguardando posição orientações do Sincopetro sobre como proceder”, disse.
O Sincopetro informou que a situação está sendo analisada pela Fundação Procon e pela Senacon (Secretaria Nacional de Defesa do Consumidor), que formalizará ao setor uma resposta referente ao aumento de custos do diesel e também sobre a padronização da placa informativa sobre a diferença do valor antes e depois do dia 1º de junho de 2018.