Guaracy Amado é cidadão mariliense

Em sessão solene realizada na noite de ontem (29), na Câmara Municipal, foi entregue o título de cidadão mariliense a Guaracy Amado. Familiares e amigos prestigiaram a cerimônia, que foi realizada a partir de aprovação, por unanimidade, de projeto de decreto legislativo do vereador Mário Coraíni Júnior (PTB). “É uma honra receber este título. Estou muito feliz. Tenho uma vida de luta. Vim de Gália

Em sessão solene realizada na noite de ontem (29), na Câmara Municipal, foi entregue o título de cidadão mariliense a Guaracy Amado. Familiares e amigos prestigiaram a cerimônia, que foi realizada a partir de aprovação, por unanimidade, de projeto de decreto legislativo do vereador Mário Coraíni Júnior (PTB).
“É uma honra receber este título. Estou muito feliz. Tenho uma vida de luta. Vim de Gália a convite do meu padrinho, do Hotel São Bento. Aqui fui ajudante de mecânico na Ford, trabalhei em posto de gasolina no centro da cidade e em uma firma de terraplanagem. Inclusive, em 1951, ajudei a construir a rodovia Marília-Bauru. Fui tratorista, motorista e cheguei a ser sócio da Construtora Ituana. Também fui corretor de veículos. Hoje, aos 88 anos, me sinto realizado e contente de ser reconhecido como cidadão mariliense”, disse o homenageado Guaracy Amado.
O filho do cidadão mariliense, o administrador de empresas Paulo Roberto Amado, lembrou do empenho do pai para a implantação da Codemar (Companhia de Desenvolvimento Econômico de Marília) na cidade. “Era uma área que ele conhecia muito, por ter sido sócio da Construtora Ituana. Meu pai tem muitas realizações pela cidade. É motivo de muita alegria para nós a entrega desta honraria a ele”.
“Conheço o Guaracy desde a década de 1960. Sempre gostei de automóveis e ele era corretor de veículos. Uma pessoa muito confiável, honesta e responsável. Acompanhei a trajetória de vida dele em diversas atividades e por isso resolvi propor esta homenagem na Câmara”, destacou o vereador Coraíni.
O presidente da Câmara Municipal, Wilson Damasceno (PSDB), mencionou a trajetória de correção de Guaracy. “São inúmeros serviços prestados a Marília. Pessoa que tem o seu mérito. Esta foi uma grande iniciativa do vereador Coraíni. Conheço ele desde quando trabalhei no banco Noroeste, antes de ser delegado de polícia. É uma alegria e um orgulho poder presidir esta sessão que vai outorgar o título de cidadão mariliense ao senhor Guaracy”.
“O senhor Guaracy fez muito pela cidade, formou família aqui e o Legislativo está de parabéns pelo reconhecimento a este grande cidadão”, ressaltou o diretor de Comunicação da Prefeitura, João Paulo Santos, que representou o prefeito Daniel Alonso (PSDB).
Biografia
Guaracy Amado nasceu em 17 de setembro de 1929, em Gália. Filho de Amim Amado e Maria Amélia Albertti Amado, ele veio para Marília em 1944, para residir em chácara na Via Expressa e trabalhar no Hotel São Bento.
Em 1946, Guaracy foi trabalhar na concessionária Ford e em 1947 no Posto Stander. Serviu o Exército de janeiro de 1949 a junho de 1950, no Tiro de Guerra e neste mesmo ano se casou com Nair de Araújo Amado, com quem teve os filhos Jerônimo, Paulo e Cláudia, posteriormente trabalhando na Terraplanagem Synésio Sampaio Góes.
Guaracy ficou viúvo em 1993 e casou-se novamente em 21 de setembro de 2001 com Luzia Rosa Machado Amado, com quem vive até os dias atuais.
Em empresa de terraplanagem, como motorista e tratorista, ajudou a realizar diversas obras em Marília. Em 1954, acompanhando a firma, foi para cidades como Indiana, Itu, Jaboticabal, Tietê, Piracicaba e outras.
Em 1964, com a morte do proprietário da empresa de terraplanagem Synésio Sampaio Góes, Guaracy foi convocado pelos herdeiros a se tornar sócio da empresa, que passou a se chamar Construtora Ituana.
Exerceu diversas atividades comerciais e de corretagem de veículos. De agosto de 2008 a janeiro de 2009 foi presidente da Codemar (Companhia de Desenvolvimento Econômico de Marília).