Maquinho precisa vencer para evitar grupo com Palmeiras e Corinthians

Lateral Lucas Baciga (à esq.) é dúvida para o jogo de hoje, contra a Matonense, no Abreuzão pelo Sub-20

Apesar da classificação garantida no Campeonato Paulista Sub-20, o Marília Atlético Clube (MAC) vai precisar vencer hoje a Matonense, às 15h, no estádio Bento de Abreu, pela última rodada, para evitar na 2ª fase um grupo com Palmeiras e Corinthians. Se avançar na atual posição (4º lugar) enfrentará também: Botafogo ou Inter de Limeira ou União Barbarense. “Seria uma chave muito difícil e competitiva. Não que os outros grupos sejam mais fáceis, mas nossa meta agora é evitar os times grandes do Estado e enfrenta-los mais a frente”, destacou o técnico Daniel Sabino.

A dificuldade no confronto desta tarde será grande, porque se a Matonense perder para o Maquinho, ela é quem vai para o grupo com Palmeiras e Corinthians. Com o empate o clube de Matão confirma a 3ª posição. Quem classificar na 3ª colocação irá para um grupo com apenas o São Paulo definido e com possibilidades de: Ferroviária, XV de Piracicaba e São Caetano. Na 2ª fase serão seis grupos de quatro agremiações cada. Todos jogarão entre si dentro das chaves em dois turnos e somente os dois primeiros colocados avançam.

Marília e Matonense com 25 e 26 pontos, respectivamente, ainda podem terminar na vice-liderança do Grupo 1, se houver um vencedor no duelo do Abreuzão e se o Rio Preto (28 pontos) for derrotado em casa para o eliminado Penapolense. O clube de Matão ainda pode alcançar a ponta da tabela se o líder Novorizontino (28) perder em Novo Horizonte para o Barretos, que precisa ganhar para ficar com uma das quatro vagas entre os quintos colocados.

Caso fique em 2º lugar, o MAC estará em um grupo com: Santo André e Guarani, além de Ituano ou Capivariano. “Acho que pensar na possibilidade do 2º lugar é muito remoto para nós, ainda mais depois que perdemos para o Rio Preto na rodada passada (2 a 0). Nosso objetivo é conquistar a vaga na melhor classificação possível”, frisou Sabino.

Para a partida de hoje à tarde, o técnico pode fazer até duas mudanças no time titular. O zagueiro Marcão volta de suspensão por cartão e entrará na vaga do volante Willian. Com isso, o defensor Rafael Garutti jogará no meio-campo. Na lateral-esquerda Lucas Baciga sente dores nas costas e é dúvida. Caso seja vetado pelo departamento médico, o substituto será Vinícius Abreu, que ainda não estreou. O meia Diego Borges entrou no decorrer do jogo na rodada passada, recebeu o terceiro cartão amarelo e está fora.

O Maquinho vai jogar no Bento de Abreu com: Ian; Caio Peres, Rafael Garutti, Léo Salvador e Lucas Baciga (Vinícius Abreu); Jeferson, Marcão e Felipe Freitas; Victor Diego, Dener e Lucão. A Matonense tem o melhor ataque entre os 40 clubes participantes com 34 gols e tem um dos vice-artilheiros, o atacante Ramon com oito. No primeiro turno em Matão, vitória para o time da casa por 2 a 1.