“As Presepadas de Damião” é atração neste sábado na praça Maria Izabel

Neste sábado (16), às 10h30, a trupe Damião e Cia. de Teatro apresenta em Marilia, na praça Maria Izabel (conhecida como praça São Bento), o premiado espetáculo de rua “As Presepadas de Damião”, inspirado no conto medieval “O Ferreiro e a Morte” e na mitologia católica, principalmente a oriunda da literatura de cordel, o teatro de rua.

Neste sábado (16), às 10h30, a trupe Damião e Cia. de Teatro apresenta em Marilia, na praça Maria Izabel (conhecida como praça São Bento), o premiado espetáculo de rua “As Presepadas de Damião”, inspirado no conto medieval “O Ferreiro e a Morte” e na mitologia católica, principalmente a oriunda da literatura de cordel, o teatro de rua.

“As Presepadas de Damião” narra o encontro de um tipo popular com duas figuras ilustres: Menino Jesus e Maria de Nazaré. “Em agradecimento à hospitalidade, Damião recebe a prenda de três pedidos e acaba alterando o ciclo natural das coisas ao impedir que A Morte cumpra sua sentença. Trata-se da saga de um anti-herói, símbolo de todos os sobreviventes de nosso país, que, dia após dia, engana a morte à sua própria maneira”, explica a atriz Fernanda Jannuzzelli.

“É de bom aviso prevenir que, quando se comprometer a assistir a esse espetáculo com nome pomposo, o espectador necessitará colocar a imaginação à prova de fogo. Justificável: a cena será totalmente povoada por tipos da rua, figuras invejadas e temidas, presenças notórias e personalidades religiosas. Afinal, está justamente nesses encontros e desencontros o mote do premiado espetáculo de rua: ‘de como fez fortuna, venceu o Diabo e enganou a Morte com as graças de Jesus Cristo’”, diz o material de divulgação do espetáculo.

Amparada pelo edital Circulação de Espetáculos de Artes Cênicas para a Rua, do ProAC (Programa de Ação Cultural da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo), a turnê batizada de Damião Faz Anos, uma vez que celebra os cinco anos de estreia da montagem, passará por 15 cidades do interior de São Paulo: Araraquara, Birigui, Barretos, Bauru, Campinas, Franca, Itapeva, Marília, Presidente Prudente, Registro, Ribeirão Preto, Santos, São José do Rio Preto, São José dos Campos e Sorocaba.

O espetáculo nasceu de uma vontade unânime da trupe: trabalhar na rua. Por meio do diretor da montagem, Mario Santana (falecido em 2018), o grupo conheceu o conto medieval “O Ferreiro e a Morte” (popularmente reconhecido como “O Homem Que Engana a Morte”), o embrião da atual montagem. “Tivemos bastante liberdade para alterar essa dramaturgia a nosso bel-prazer. Mantivemos um pouco a estrutura de entrada das personagens, mas o texto e como as coisas acontecem durante o espetáculo foram bastante modificadas nos ensaios. Foi nesse ponto que chegou a necessidade de se apropriar da literatura de cordel e das manifestações populares brasileiras”, destaca o ator Rodrigo Nasser.

Em “As Presepadas de Damião”, a plateia atenta aprecia: o Cavalo-Marinho (Zona da Mata de Pernambuco) e a Folia de Reis (Sudeste). Da primeira, o espectador reconhece a musicalidade, as danças apresentadas, os jogos de palavras, a ponte entre o lírico e o escracho (sagrado e profano), a entrada das figuras numa roda e as próprias personagens, como Capitão (Narrador) e Damião. “A própria corporeidade do Damião está entre essas duas manifestações. Fiz dele um híbrido. Ele tem algo do Mateus, do Cavalo-Marinho, e do Negro, uma das figuras da Folia de Reis. Da Folia, também buscamos algumas estruturas em versos”, conta a atriz Lara Prado.

A trupe - Inspirada pela teatralidade do ator na rua, a Damião e Cia. de Teatro nasceu em 2012, em Barão Geraldo, distrito de Campinas. A partir do olhar apurado de atores egressos do curso de Artes Cênicas da Unicamp, o grupo passou a investigar as manifestações populares do Brasil. Em 2012, após íntima aproximação do Cavalo-Marinho e da Folia de Reis, a trupe estreou o espetáculo “As Presepadas de Damião: de como fez fortuna, venceu o Diabo e enganou a Morte com as Graças de Jesus Cristo”. Ao longo de cinco anos, o espetáculo arrebatou prêmios em diversos festivais pelo Brasil, entre os quais Festival Nacional de Teatro de Limeira, Festival Internacional de Teatro Universitário de Blumenau e Encontro Nacional de Cultura de Taubaté. Um ano depois, em “Estrela da Madrugada”: a história de um palhaço apaixonado, o grupo se enveredou pelo universo das pantomimas clássicas e da essência do circo-teatro brasileiro.

A apresentação em Marília do espetáculo de rua “As Presepadas de Damião: de como fez fortuna, venceu o Diabo e enganou a Morte com as graças de Jesus Cristo” conta com o apoio da Secretaria Municipal da Cultura. Entrada franca.