Reunião do Conselho do MAC define novo presidente interino

Cartas dos 13 conselheiros que renunciaram no mês passado, serão apresentadas

 

Um dos principais assuntos da pauta da reunião de hoje no Marília Atlético Clube (MAC) será a definição do novo presidente do Conselho Deliberativo, já que o empresário Ildemar Encide Sampaio renunciou ao cargo no mês passado, alegando não concordar com as decisões do presidente da agremiação, Antônio Carlos Sojinha. Junto dele outros 12 conselheiros também saíram. O encontro acontece hoje, a partir das 9h, na secretaria do estádio Bento de Abreu.

O principal e talvez único candidato a ocupar à presidência do Conselho Deliberativo é o advogado Cristiano Gonçalves, o “Crisão”, que é presidente do Conselho Fiscal. Desde a saída de Sampaio, ele havia se posicionado publicamente com a intenção de assumir o posto. Por conta do estatuto do clube não conter um artigo de procedimento em caso de renúncia do presidente e do vice do Conselho, o cargo deverá ser ocupado interinamente até o final desta gestão (outubro de 2020).

Na reunião de hoje será oficializada as 13 renuncias do Conselho Deliberativo e terá início o processo de reposição de membros, com a legalização dos nomeados em agosto do ano passado. São 14 nomes: Alexandre Brito de Moura (comerciante), Bruno Marcondes Azevedo (chefe de logística), Caio Baciga (diretor de base do MAC), Edson Rodrigues Silva Filho (anestesista), Fábio Cezar de Castro Ucles (empresário), Felipe Pirollo (cinegrafista), Farid Talal Zarey (médico), Fábio Vieira Teixeira (gastroenterologista), Jaime Garcia (bancário aposentado), José Maria Alves (empresário), Paulo Roberto Amado (engenheiro civil), Rafael Durval Takamitsu (advogado), Rodrigo Ortega (ex-diretor do MAC) e Vinícius Rezende (advogado).

Os 13 nomes que renunciaram ao Conselho foram: Ildemar Encide Sampaio (empresário), Carlos Delabio Campoi (empresário), José Eduardo Vicente Jorente (economista), Marco Antônio Mariano (corretor de seguros), Roberto Acácio Oliveiros (empresário), Rodrigo Cirino Laerte (gerente comercial), Valmir José de Souza (administrador), Valter Luiz Cavina (empresário), Waldecy Euflausino, “Zenon” (aposentado), Eduardo Cardoso de Matos, o “Barata” (servidor público), Eduardo de Moraes Almeida, o “Duda” (empresário), Marco André Flait Sanches (empresário) e Marcos Nicola (consultor de imóveis).

 

Os 18 remanescentes da eleição de 2016:

 

- Antônio Abdala, o “Ica” (farmacêutico)

- Antônio Carlos “Sojinha” (bacharel em direito)

- Archibaldo Eustáquio Brito, o “Bado” (representante comercial)

- Carlos Alberto Santos Mattos (advogado)

- Cláudio Pinha Góes (delegado)

- Cristiano Gonçalves, o “Crisão (advogado)

- Ednaldo de Souza Costa (administrador)

- Eduardo Pereira Tassinari (empresário)

- Gervásio Ferreira de Melo (comerciante)

- Ivamberto Belini, “Jacó Temperola” (empresário)

- Jair Cândido da Silva (bancário aposentado)

- José Luiz Todeschini (supervisor do clube)

- Marcos Muro Aguiar (empresário)

- Samuel Henrique Castanheira (advogado)

- Wilson Jinno (dentista)

- Marcos Henrique Ferreira Laraia (ortopedista)

- Ricardo Hideki Yanassi (ortopedista)

- Marcos Vinícius Muriano da Silva, o “Rachid” (ortopedista)