Analista é preso em Marília acusado de armazenar pornografia infantil

Um analista de sistema de 33 anos, de identidade não divulgada, foi preso em flagrante na manhã de ontem (17) por policiais civis acusado de armazenar imagens de pornografia infantil em seu computador num imóvel na zona Norte. A ação em Marília ainda cumpriu outro mandado de busca e apreendeu material para ser periciado. Página 7