MAC tem opção de manter até 10 atletas do rebaixamento para 2019

Goleiro Rodrigo tem 22 anos e defende o Assisense no Campeonato Paulista da 4ª Divisão

Rebaixado no Campeonato Paulista da Série A-3 deste ano, o Marília Atlético Clube (MAC) só voltará a jogar profissionalmente em meados de maio de 2019, quando participará da 4ª Divisão. A competição é disputada apenas por jogadores com até 23 anos e nesta temporada o limite é para aqueles nascidos até 1995. Do elenco que caiu em 2018, o Alviceleste poderá utilizar (se quiser) até dez jogadores.

Esse número poderia chegar a 11 se o centroavante Matheus Henrique, de 21 anos, não tivesse abandonado a carreira de atleta. O jogador chegou a ser emprestado ao Fernandópolis (time da 4ª Divisão), mas depois de uma semana no clube resolveu parar de jogar. Em 2017, ele foi o artilheiro maqueano no Campeonato Paulista Sub-20 com dez gols, mas no profissional não conseguiu balançar as redes.

Dos outros dez com idade para jogar a “Bezinha” (apelido da 4ª Divisão), três já estão atuando na competição. O goleiro Rodrigo está no Assisense, enquanto que o zagueiro Júlio e o volante Hebert defendem o Fernandópolis. O zagueiro Zé Roberto continua no MAC e defende o clube no Paulista Sub-20. O lateral-esquerdo Bahia também tem idade para o estadual de base, mas deve ser negociado.

O volante Matheus Alexandre, de 19 anos, foi emprestado à Ponte Preta até o final de 2019. O zagueiro Luizão (20 anos) retornou ao Vila Nova-GO, onde ainda tem contrato. O volante Pablo (22), o meia Luan Batoré (21) e o meia-atacante Alisson “Lee” (21) estão sem clube no momento.