Ingressantes de Medicina Veterinária fazem manhã recreativa com crianças do Juventude Criativa

Acadêmicos do curso de Medicina Veterinária da nossa Universidade de Marília (Unimar) promoveram uma importante ação social com as crianças e jovens do Projeto Juventude Criativa. Um grupo de ingressantes do curso visitou a unidade levando diversão, entretenimento e esperança aos pequeninos. De acordo com a docente da disciplina de Fundamentos em Ciências Sociais e Comunicação na Medicina Veterin

Acadêmicos do curso de Medicina Veterinária da nossa Universidade de Marília (Unimar) promoveram uma importante ação social com as crianças e jovens do Projeto Juventude Criativa. Um grupo de ingressantes do curso visitou a unidade levando diversão, entretenimento e esperança aos pequeninos.
De acordo com a docente da disciplina de Fundamentos em Ciências Sociais e Comunicação na Medicina Veterinária, Dra. Myriam Lucia Ruiz Castilho, organizadora do encontro, foi proposta uma série de atividades. “Em sala de aula tratamos muitos assuntos e conceitos com os acadêmicos e o objetivo é que eles possam vivenciar na prática. Em cada ano fazemos a ação em alguma realidade diferente, ora em asilos ora em lar de crianças. É assim que os futuros médicos veterinários vão vivenciar outras realidades e aprender a estar sempre do lado do outro”, explica.
Gincanas, jogos de basquete, vôlei e futsal, além de outras atividades recreativas foram feitas pelos universitários em parceria com as crianças. “Queremos que os acadêmicos invistam esse tempo em conviver com as crianças e adolescentes, pessoas que talvez tenham uma realidade muito diferente. Nossos alunos podem ser grandes exemplos de inspiração para eles”, acrescenta.
Bastante feliz, o ingressante do curso Mateus Parpinelli Gaeti Camargo se surpreendeu com a ação. “Quando você ingressa em uma Universidade para fazer Medicina Veterinária passa a acreditar que seu maior contato será com animais, mas não é tão simples assim. É importante saber se colocar no lugar do próximo, ter um bom relacionamento com as pessoas, que muitas vezes serão os proprietários dos animais”, conta.
Segundo Camargo, foi um dia muito proveitoso. “Saímos da sala de aula e dos laboratórios para conviver com outras pessoas. Trouxemos atividades para essas crianças que nos receberam muito bem. Quem sabe não podemos incentivá-los a buscarem seus sonhos, a estudarem cada vez mais para serem médicos, advogados, veterinários e outras profissões”, finaliza.
Para o coordenador do curso de Medicina Veterinária, Dr. Fábio Manhoso a ação social é uma forma de demonstrar na prática a missão da Universidade de formar o profissional ético e competente, inserido na comunidade nacional, capaz de constituir o conhecimento, promover a cultura, o intercâmbio, a fim de desenvolver a consciência coletiva na busca contínua da valorização e solidariedade humanas.
A Juventude Criativa atua no contra turno das atividades escolares e recebe diariamente 150 crianças e adolescentes para ações de educação, lazer, esportes e alimentação em duas turmas de 75 estudantes.