Ex-Noroeste é contratado e Grafite está perto do 'Talentos 10'

Meia Tuxa já defendeu o T10 e atualmente estava no Uberaba-MG, na 2ª Divisão

O Talentos 10 Atlético Clube (TAC) quer inscrever mais dois jogadores para o Campeonato Paulista da 4ª Divisão (Sub-23), também chamada de “Bezinha”. O presidente Giovanni Aparecido Adriano dos Santos (goleiro do Atlético-MG) confirmou que o meia Tuxa, de 22 anos, que estava no Uberaba-MG (2ª Divisão), está contratado. Já o atacante Lucas Grafite, que pertence ao Atibaia, deve ser anunciado nos próximos dias.

Carlos Henrique Ramos, o “Tuxa”, já defendeu o “Canarinho” (mascote) nas duas últimas temporadas, quando o clube disputou a Taça Paulista. Revelado na base do Paraná Clube (2010-2012), o meia também atuou pelo Desportivo Brasil (2012-2013) e pelo rival Noroeste (2014 a 2016). Nesta temporada defendeu o Uberaba-MG em dez jogos e com dois gols marcados. O reforço deverá ficar à disposição para a partida deste sábado, às 16h, contra o Grêmio Prudente, fora de casa.

No caso de Lucas Grafite, o presidente disse que o Atibaia precisa entregar a liberação do atleta. O ‘Talentos 10’ registrou 24 jogadores na Federação Paulista de Futebol (FPF) e somente o zagueiro Wanderson ainda não foi relacionado para nenhum jogo, o que significa que ele ainda não é considerado inscrito. Cada agremiação na 4ª Divisão pode inscrever 26 atletas, ou seja, com Tuxa e Grafite restará apenas uma vaga se Wanderson não for utilizado.

Giovanni teve uma ruptura parcial do tendão no ano passado e só voltou aos treinos no Atlético-MG recentemente. Esse fato proporcionou ao mandatário do T10 vir a Marília nos três jogos em casa, no estádio Bento de Abreu, para acompanhar de perto da equipe. “Venho de uma lesão grave e isso demanda tempo para voltar a ser relacionado. Enquanto isso consigo ir para os jogos do Talentos, coisa que em todos esses anos à frente nunca tive a oportunidade e vejo com bons olhos isso”, declarou.

O presidente disse estar um pouco surpreso com a campanha do time, em sua primeira competição profissional na FPF. O TAC está na 4ª colocação do Grupo 1, com oito pontos em cinco jogos e está há quatro partidas invicto, sendo que na última rodada venceu o líder Osvaldo Cruz por 3 a 1, no Abreuzão. “Olha, conhecemos um por um do grupo há algum tempo. Sabemos o que eles podem dar, mas eles têm superado sim sem dúvida nenhuma”, comentou.

A boa campanha neste início da Bezinha faz o dirigente sonhar alto. “A primeira meta seria passar da 1ª fase, mas conforme estamos vendo temos plenas condições de ir mais longe. Seria um grande começo, pois querendo ou não há equipes de grande tradição no nosso grupo e passar de fase seria um feito marcante para todos nós”, explicou.