Marília faz prevenção ao câncer bucal

A rede de saúde de Marília está aberta à população para a realização do exame odontológico de prevenção contra o câncer bucal. O esforço das equipes de cirurgiões dentistas e ASBs (auxiliares de saúde bucal) é ampliado durante a Campanha Nacional de Vacinação Contra a Influenza (gripe). O procedimento faz parte da rotina do atendimento odontológico o ano todo, porém, simultaneamente à vacinação, é

A rede de saúde de Marília está aberta à população para a realização do exame odontológico de prevenção contra o câncer bucal. O esforço das equipes de cirurgiões dentistas e ASBs (auxiliares de saúde bucal) é ampliado durante a Campanha Nacional de Vacinação Contra a Influenza (gripe). O procedimento faz parte da rotina do atendimento odontológico o ano todo, porém, simultaneamente à vacinação, é enfatizada a importância do exame. Dentro deste período, as equipes destinam duas semanas (de 2 a 15 de maio) para intensificação.
A partir da campanha de 2018, o exame de boca passa a ser indicado para quem tem a partir de 20 anos, diferentemente de campanhas anteriores que tinham como público-alvo idosos acima de 60 anos. Basta comparecer a uma unidade de saúde. O procedimento é rápido e indolor. Conforme dados da Secretaria Municipal da Saúde de Marília, no ano passado 11 pessoas morreram no município em decorrência da doença. Por isso a importância da campanha que, tradicionalmente, acontece nessa época do ano.
A cirurgiã-dentista e coordenadora do Programa Municipal de Saúde Bucal, Ana Maria Massud, explica que o objetivo da ação é o diagnóstico precoce. “O câncer é a segunda causa de morte (entre todas as doenças) no Brasil. É um problema de saúde pública”, afirmou. Ela explica que o diagnóstico, quando tardio, é seguido de um prognóstico desfavorável. Os tratamentos são na maioria das vezes mutilantes e paliativos. Agora, quando o diagnóstico é realizado nos estágios iniciais, o câncer bucal pode ser considerado curável.
A grande maioria das neoplastias malignas da boca e complexo de maxilomandibular é constituída por carcinomas epidermoides, seguido por sarcomas, melanomas e tumores malignos de glândulas salivares e os principais fatores de risco são o fumo e o álcool. Nos pacientes com suspeitas de lesões cancerizáveis, o profissional estomatologista, previamente agendado no CEO (Centro de Especialidade Odontológica), realizará uma triagem nas próprias unidades de saúde e posteriormente, se necessário, estes pacientes serão encaminhados.
REDE ABERTA
O objetivo da campanha é aumentar os índices de diagnósticos precoces do câncer bucal e de lesões potencialmente malignas e mostrar à população a importância do autoexame. A população de Marília está sendo recebida pelas equipes de 12 UBS (Unidades Básicas de Saúde) e das 37 USFs (Unidade de Saúde da Família). O exame odontológico de prevenção contra o câncer bucal também é realizado em pacientes desdentados, pois a avaliação será feita principalmente na mucosa bucal, língua e palato.
Mais informações podem ser obtidas em uma unidade de saúde ou junto ao programa de Saúde Bucal, na Secretaria Municipal da Saúde, pelo telefone 3402-6500.