Turismo tem novo ministro

Vinicius Lummertz é o novo ministro do Turismo. A nomeação foi publicada na última terça-feira (10) no Diário Oficial da União (DOU).

Vinicius Lummertz é o novo ministro do Turismo. A nomeação foi publicada na última terça-feira (10) no Diário Oficial da União (DOU). Natural de Santa Catarina, Lummertz tem 57 anos e é formado em Ciências Políticas pela Universidade Americana de Paris, com cursos de gestão na Kennedy School, da Harvard University; no IMD de Lausanne, Suíça, e possui MBA-Executivo na Amana Key, em São Paulo. À frente do Instituto Brasileiro de Turismo (Embratur), desde junho de 2015, o executivo já atuou como secretário Nacional de Políticas de Turismo do Ministério do Turismo, de setembro de 2012 a maio de 2015. Ainda no setor turístico, Vinicius Lummertz foi secretário de Turismo, Esporte e Cultura de Florianópolis e Secretário de Estado de Articulação Internacional do Governo de Santa Catarina de janeiro de 2007 a dezembro de 2010.

Como presidente da Embratur, o novo ministro participou ativamente de um dos marcos para o turismo nacional: os Jogos Rio 2016. Também atuou junto ao ministro Aloysio Nunes, das Relações Exteriores, e ao então ministro do Turismo, Marx Beltrão, na implementação do visto eletrônico para turistas norte-americanos, canadenses, japoneses e australianos.

Em seu primeiro compromisso oficial como ministro do Turismo, Vinicius Lummertz participou na última quarta-feira (11) de reunião com lideranças do setor na Confederação Nacional do Comércio (CNC). No encontro, durante agenda do Conselho Empresarial de Turismo e Hospitalidade (Cetur), Lummertz falou sobre as prioridades à frente da Pasta.

“Meu grande esforço neste primeiro momento será trabalhar na sensibilização dos parlamentares para aprovarmos o projeto de lei que está em tramitação no Congresso Nacional e reúne pautas importantes para o setor, como a transformação da Embratur em agência, a modernização da Lei Geral do Turismo e a abertura de capital estrangeiro das companhias aéreas”, afirmou Lummertz. Na sequência, segundo o ministro, a ideia é lançar o Brasil + Turismo 2, com propostas para avançar, ainda mais, na melhoria do ambiente de negócios do setor. Vinicius Lummertz reforçou, ainda, a importância do Prodetur + Turismo e as possibilidades de investimentos que podem ser feitas com os recursos previstos pelo programa: R$ 5 bilhões.