PM flagra adolescentes com drogas na Vila Barros

Dois adolescentes, com 15 e 17 anos, foram apreendidos por policiais militares após serem flagrados com porções de cocaína, maconha e crack, além de R$ 1,9 mil em dinheiro na madrugada de domingo (8) na favela da Vila Barros, na zona Norte da cidade. De acordo com informações da Polícia Militar (PM), os policiais militares realizavam patrulhamento preventivo pelo local quando suspeitaram dos dois

Dois adolescentes, com 15 e 17 anos, foram apreendidos por policiais militares após serem flagrados com porções de cocaína, maconha e crack, além de R$ 1,9 mil em dinheiro na madrugada de domingo (8) na favela da Vila Barros, na zona Norte da cidade.
De acordo com informações da Polícia Militar (PM), os policiais militares realizavam patrulhamento preventivo pelo local quando suspeitaram dos dois menores de idade. A dupla foi abordada e surpreendida com 265 pinos de cocaína, 94 pedras de crack e 71 trouxinhas de maconha, além de R$ 1.904,00 em dinheiro.
Os dois adolescentes foram indiciados em flagrante por ato infracional pelo crime de tráfico de entorpecentes e encaminhados para audiência de custódia na Vara da Infância e Juventude de Marília.
Azaleias – O desempregado Fernando Henrique Leite dos Santos, de 23 anos, foi preso por policiais militares acusado do crime de tráfico de entorpecentes na manhã de domingo (8) na favela do Parque das Azaleias, na zona Sul da cidade. Ele foi flagrado com porções de cocaína e maconha, além de quantia em dinheiro.
De acordo com informações da Polícia Militar (PM), por volta das 7h45, os policiais militares realizavam patrulhamento pela rua Ângelo Raspante quando avistaram quatro indivíduos em atitude suspeita num ponto de comércio de drogas.
Ao avistar a aproximação da viatura, os suspeitos fugiram da viela, mas foram perseguidos e o desempregado detido. Santos ainda resistiu a prisão e entrou em luta corporal com os policiais militares. Com ele foi encontrada uma pochete com 16 pinos de cocaína, 11 trouxinhas de maconha e R$ 283 em dinheiro.
Santos foi indiciado em flagrante pelo crime de tráfico de entorpecentes e recolhido para a penitenciária de Marília. Em caso de condenação, o desempregado pode pegar uma pena de até 15 anos de prisão em regime fechado.