Bairros da zona Sul e Norte concentram 88,8% dos flagrantes por tráfico de drogas em f

Delito que apresentou alta de 38,4% no mês de fevereiro, os flagrantes pelo crime de tráfico de entorpecentes tiveram maior incidência nos bairros das zonas Sul e Norte de Marília. As duas regiões mais populosas concentraram 88,8% dos casos no período. Estatísticas divulgadas pela Secretaria de Segurança Pública (SSP) do Estado de São Paulo indicam que nos 28 dias do segundo mês do ano, as duas re

Delito que apresentou alta de 38,4% no mês de fevereiro, os flagrantes pelo crime de tráfico de entorpecentes tiveram maior incidência nos bairros das zonas Sul e Norte de Marília. As duas regiões mais populosas concentraram 88,8% dos casos no período.

Estatísticas divulgadas pela Secretaria de Segurança Pública (SSP) do Estado de São Paulo indicam que nos 28 dias do segundo mês do ano, as duas regiões contabilizaram 16 (44,4%) ocorrências cada por flagrante de tráfico de entorpecentes. A zona Oeste vem em seguida com 8,3% (3) e Leste com 2,7% (1). A Central não teve este tipo de delito no período.

A zona Sul ainda contabilizou a maioria dos casos de roubos em fevereiro com 31,2% (5). A Norte vem em seguia com 25% (4), Central e Leste cada com 18,7% (3) e Oeste com apenas 6,2% (1).

A Norte por sua vez liderou juntamente com a Leste a estatística de violência contra a mulher. As duas regiões tiveram cada 33,3% (2) dos crimes de estupro no período. A Sul e Oeste vem em seguida com 16,6% (1), enquanto a Central não contabilizou nenhum.

Já os crimes de furto tiveram maior incidência nos bairros da zona Oeste. A região registrou 27,2% (66) dos crimes em fevereiro. Os bairros da zona Sul contabilizaram 22,7% (55), seguidos por Norte com 22,3% (54), Central com 15,2% (37) e Leste com 12,3% (30).

A região Norte ainda contabilizou a única morte em acidente de trânsito registrada no mês de fevereiro, enquanto a Oeste registrou um caso de latrocínio.