Morador do bairro Argolo Ferrão reclama de mau-cheiro trazido por esgoto

O pedreiro Nelson da Silva Barbosa reclama do mau-cheiro trazido por esgoto que corre a céu aberto perto do quintal da casa dele, na rua Monsenhor João Batista Toffoli – altura do número 415 – bairro Argolo Ferrão. O problema foi ocasionado pela quebra de manilhas coletoras de esgoto. “É difícil almoçar e jantar com este cheiro. Além disso, surgem muitos pernilongos, aranhas, baratas e até cobra c

O pedreiro Nelson da Silva Barbosa reclama do mau-cheiro trazido por esgoto que corre a céu aberto perto do quintal da casa dele, na rua Monsenhor João Batista Toffoli – altura do número 415 – bairro Argolo Ferrão. O problema foi ocasionado pela quebra de manilhas coletoras de esgoto.

“É difícil almoçar e jantar com este cheiro. Além disso, surgem muitos pernilongos, aranhas, baratas e até cobra coral já surgiu por aqui. Pedimos providências ao Poder Público”, enfatizou Barbosa.

Segundo o morador, o problema surgiu porque a rede, que era para receber água das chuvas, passou a receber esgoto e não suportou o fluxo de dejetos, tendo em vista a grande quantidade de unidades habitacionais criadas no bairro.

Barbosa salientou que recentemente equipe do Daem (Departamento de Água e Esgoto de Marília) esteve no local. “Parece que é uma obra muito cara e não sei se será possível realiza-la agora. Mas eles poderiam pelo menos fazer algo para melhorar este mau-cheiro”.

Resposta

O Departamento de Água e Esgoto de Marília informou que será feito no local cerca de 200 m de rede de esgoto para resolver definitivamente o problema. O Daem garante que a obra será realizada nesta semana que se inicia hoje.