Tribunal julga acusado de assassinato em Vera Cruz

Está previsto para hoje (28), a partir das 10 horas, no Fórum de Marilia, o julgamento de Claudinei Araújo da Silva. Ele sentará no banco dos réus acusado do assassinato de Raul Abreu Bittencourt, em crime ocorrido em outubro de 2012, em Vera Cruz (cerca de 10 quilômetros). Segundo a denúncia do Ministério Público (MP), no dia 20 de outubro, por volta as 2h30, na rua General Osório, na região cent

Está previsto para hoje (28), a partir das 10 horas, no Fórum de Marilia, o julgamento de Claudinei Araújo da Silva. Ele sentará no banco dos réus acusado do assassinato de Raul Abreu Bittencourt, em crime ocorrido em outubro de 2012, em Vera Cruz (cerca de 10 quilômetros).

Segundo a denúncia do Ministério Público (MP), no dia 20 de outubro, por volta as 2h30, na rua General Osório, na região central, o acusado estava em seu carro com a namorada quando a vítima teria o obrigado a descer do carro e agredido com chutes. Para se defender, Silva se armou com um canivete e desferiu um golpe em Bittencourt, que morreu no local.

Silva foi julgado pelo em março de 2014 e absolvido pelos jurados sob a tese de legítima defesa. O MP recorreu da decisão e o Tribunal de Justiça (TJ) anulou o primeiro julgamento e determinou a realização de novo júri popular.

Silva, que está em liberdade, foi indiciado pelo crime de homicídio simples. Em caso de condenação, ele pode pegar uma pena de até 20 anos de prisão em regime fechado.