Servente de pedreiro esfaqueia enteado em briga

O servente de pedreiro Marco Aurélio Mendes, de 47 anos, foi preso por policiais militares acusado da tentativa de homicídio do enteado A.G.F., de 23 anos, após esfaqueá-lo durante briga na noite de sábado (24) no Jardim Conquista, na zona Sul da cidade. De acordo com informações da Polícia Militar (PM), por volta das 22h30, acusado e vítima iniciaram uma discussão por motivo ainda desconhecido e

O servente de pedreiro Marco Aurélio Mendes, de 47 anos, foi preso por policiais militares acusado da tentativa de homicídio do enteado A.G.F., de 23 anos, após esfaqueá-lo durante briga na noite de sábado (24) no Jardim Conquista, na zona Sul da cidade.

De acordo com informações da Polícia Militar (PM), por volta das 22h30, acusado e vítima iniciaram uma discussão por motivo ainda desconhecido e trocaram socos. Na confusão, o servente de pedreiro se armou com uma faca e desferiu um golpe no tórax do enteado.

O enteado foi socorrido por ambulância do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) para a UPA (Unidade de Pronto-Atendimento) e em seguida transferido para o Hospital das Clínicas (HC). Ele permanece internado em observação, mas seu estado de saúde é considerado estável.

Após o crime, Mendes fugiu a pé do imóvel, mas foi abordado por policiais militares na avenida João Ramalho e confessou a autoria da agressão. A faca utilizada na ação criminosa foi encontrada abandonada numa árvore na avenida Mem de Sá.

O servente de pedreiro foi indiciado em flagrante pelo crime de tentativa de homicídio e recolhido para a penitenciária de Marília. Em caso de condenação, Mendes pode pegar uma pena de até 20 anos de prisão em regime fechado.