Marília vai ter 6 núcleos e verba federal de quase R$ 1,5 milhão

Eduardo Nascimento disse que Programa Esporte e Lazer da Cidade (PELC) vai beneficiar mais de 2 mil pessoas

A Secretaria de Esportes, Lazer e Juventude (SELJ) de Marília teve seu pedido aceito pelo Ministério dos Esportes, para a implantação na cidade do Programa Esporte e Lazer da Cidade (PELC). A iniciativa será instalada em seis núcleos já definidos: Clube dos Bancários, Padre Nóbrega e ginásio Neusa Galetti (Avenida Santo Antônio), além de três poliesportivos: Pedro Sola, Santa Antonieta e Tatá.

Marília receberá verba federal de R$1.476.960,00, sendo R$ 246 mil para cada núcleo, em parcela única. “Estamos muito felizes com a notícia (veio na última segunda-feira, dia 5). Nosso projeto precisou ser aprovado em três fases e agora vem a parte burocrática, porém o pior já passou. Acredito que até o começo do próximo mês, a iniciativa já poderá ser colocada em prática. Quero agradecer bastante nossa equipe de projetos da secretaria (Daniela Bueno, Doris Mota e Rodrigo Paganini), que conseguiu mais esse recurso federal”, declarou o secretário municipal de esportes, Eduardo Nascimento.

“Esse programa tem duração de um ano e a cada 12 meses precisa ser renovado. Essa verba será utilizada para a compra de material e contratação de professores, e beneficiará mais de duas mil pessoas”, explicou Nascimento. Cada núcleo contará com aulas de diversas modalidades esportivas, além de artesanato e atividades culturais. A SELJ propôs a implantação de: alongamento, caminhada, ginástica, capoeira, vôlei, vôlei adaptado, hidroginástica, natação, handebol, basquete, futebol, skate, tênis de mesa, capoeira, teatro, artesanato, filmes, salas de leitura e brinquedoteca. Também estão inseridos na proposta: recreação e outras possibilidades de manifestação da cultura corporal do movimento, além das relatadas acima, desde que atendam às diretrizes do programa.

A iniciativa será gratuita e atenderá a faixa etária acima dos 6 anos de idade. “Nosso foco é a iniciação e a formação dos atletas, além de utilizar o esporte como saúde e estética. Nossa meta é atingir as crianças e os jovens carentes de várias regiões da cidade e como nossa pasta dispõe de pouca verba, temos buscado recurso federal para podermos colocar em prática aquilo que planejamos, quando assumimos a secretaria”, enfatizou o secretário de esportes.

PELC

O Programa Esporte e Lazer da Cidade (PELC) tem como objetivo democratizar o lazer e o esporte recreativo, a partir de três iniciativas fundamentais: implementação e desenvolvimento de núcleos, nas diversas regiões brasileiras, com atividades sistemáticas e assistemáticas de lazer e esporte recreativo, no sentido de garantir o direito ao lazer; formação continuada de gestores, agentes sociais de lazer e esporte, lideranças comunitárias, legisladores e demais parceiros atuantes na esfera pública, com vistas à formação e à implementação de políticas locais; monitoramento e avaliação da política de esporte e lazer de forma continuada envolvendo gestores, agentes sociais de esporte e lazer, formadores, articuladores regionais, orientadores científicos – pedagógicos e técnicos da área de desenvolvimento dos Programas, em busca da qualificação das ações.